Ticker

6/recent/ticker-posts

Publicidade

"Paraíso Tropical" é a nova novela do Viva

Olavo (Wagner Moura) e Bebel (Camila Pitanga), em Paraíso Tropical
Foto: Divulgação TV Globo

Estranhamente muito querida por muitos internautas, a novela Paraíso Tropical será reapresentada no Viva. A trama de 2007, escrita por Gilberto Braga e Ricardo Linhares, substituirá A Viagem, que termina em poucos dias. Com a chegada da história das gêmeas Paula e Taís (ambas vividas por Alessandra Negrini) ao canal, abre-se o caminho para que novas produções, relativamente “recentes”, dê as caras no canal.

Paraíso Tropical conta a história de amor de Paula e Daniel (Fabio Assunção). O mocinho é afilhado do poderoso Antenor Cavalcanti (Tony Ramos), dono do Grupo Cavalcanti, e o principal candidato para sucedê-lo à frente dos negócios. No entanto, o mau-caráter Olavo (Wagner Moura) almeja o posto e, por isso, os dois são grandes rivais dentro da empresa, e o vilão fará de tudo para derrubar Daniel.

Daniel se apaixona por Paula, filha de uma cafetina baiana. Com a morte de sua mãe, Paula vai ao Rio de Janeiro em busca de sua origem e acaba descobrindo que tem uma irmã gêmea, Taís. Que, ao contrário dela, é uma bandida que só quer se dar bem. Taís e Olavo, então, se tornam a principal “pedra no sapato” do casal e tramam artimanhas para se darem bem.

Em Paraíso Tropical, Gilberto Braga e Ricardo Linhares imprimiram uma narrativa mais “episódica”, ou seja, os autores lançavam novos arcos dramáticos a cada poucos capítulos, o que deu bastante agilidade à trama. No entanto, o recurso “esvaziou” os mocinhos e deu ênfase aos vilões, que lançavam muitas armações no decorrer da história, e os mocinhos apenas desarmavam as ratoeiras. Com isso, a história de Paula e Daniel é muito pouco empolgante.

Por outro lado, isso deu aos vilões de Paraíso Tropical muito espaço para brilhar. Além de Taís e Olavo, o “time do mal” contava também com Bebel (Camila Pitanga), uma das personagens mais lembradas da obra. Prostituta do bordel da mãe de Paula, a moça se envolve com Olavo, formando o casal mais explosivo da história. Além deles, Ivan (Bruno Gagliasso), irmão de Olavo, também assume muitas vilanias, tornando-se o principal parceiro de Taís. E, ainda, Marión Novaes (Vera Holtz), mãe de Olavo e Ivan, uma trambiqueira de marca maior.

O romance mais interessante de Paraíso Tropical, então, acaba ficando mesmo com Antenor. Inicialmente um mau-caráter, que trai a mulher Ana Luísa (Renée de Vielmond) com a advogada Fabiana (Maria Fernanda Cândido), o empresário se transforma ao conhecer Lúcia (Gloria Pires), uma mulher simples e batalhadora que o transforma.

Ou seja, Paraíso Tropical tem seu charme, embora não seja uma novela lá muito memorável. Mas é interessante quando o Viva aposta numa obra que dificilmente ganharia espaço no Vale a Pena Ver de Novo, por exemplo. Muitas vezes, novelas que passaram meio despercebida ganham um novo olhar numa reapresentação, que a colocam num outro lugar. Basta lembrar da reprise de O Dono do Mundo, novela de lembrança não tão boa na Globo, mas cuja reprise no Viva revelou qualidades. Pode ser uma boa revisita.

André Santana

10/06/2021

Postar um comentário

4 Comentários

  1. No final ers divertido ver as gemeas trocando de lugar mas a mocinha nao caiu nas gracas do publico

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sim! Tramas de gêmeas sempre têm seu charme. Apesar de algumas bolas fora, eu gosto dessa novela.

      Excluir
  2. Confesso que tenho poucas lembranças, pois achava essa novela bem decepcionante. É daquele tipo que fico no limbo das esquecidas, sem ser necessariamente um fracasso. Se não me engano, rolou um "quem matou" que não repercutiu nada. Assim como Celebridade, Insensato Coração e Babilônia, peca por um casal protagonista chatíssimo e zero interessante (parece que o Gilberto Braga faz isso de propósito). Escolha esquisita... Preferia ver algo mais antigo, talvez Pátria Minha (uma das únicas novelas das 20h dos anos 90 que não reprisada, se não me engano).

    ResponderExcluir
  3. Achei interessante a ideia da reprise de Paraíso Tropical. E acho que vai fazer algum barulho na bolha noveleira... - www.cascudeando.com

    ResponderExcluir