Ticker

6/recent/ticker-posts

Publicidade

"A Fazenda" pode dar mais dor de cabeça à Globo

Adriane Galisteu em A Fazenda
Foto: reprodução

Estreia desta terça-feira, 14, a décima terceira edição de A Fazenda demonstrou fôlego na Record. O reality show reúne um elenco barulhento, sendo que a maioria ficou conhecida por conta de barracos. Ou seja, pode render. Além disso, encontrará pela frente uma concorrência enfraquecida, o que pode beneficiar a atração agora comandada por Adriane Galisteu.

No ano passado, A Fazenda deu bons sustos na Globo e fez o The Voice Brasil registrar os piores desempenhos de sua história. Por isso, neste ano, a líder de audiência buscou se precaver. A reprise de Verdades Secretas é uma das armas, já que dramaturgia diária tem mais chances de segurar o público do que uma linha de shows com semanais. 

Além disso, as noites de terça e quinta também foram reforçadas. The Masked Singer Brasil se revelou um acerto e vem registrando bons índices, além de contar com uma repercussão favorável. O público embarcou na brincadeira e vem fazendo bolsa de apostas nas redes sociais, tornando o programa uma grande fofoca. Ou seja, emplacou.

Já às quintas, a boa série Sob Pressão também registra índices satisfatórios de audiência e se mantém como um dos principais produtos da linha de shows da emissora. Até chegar ao fim, a produção deve manter um público fiel e dar alguma segurança à Globo.

O maior problema da Globo será quando outubro chegar. The Masked Singer e Sob Pressão sairão do ar e darão espaço ao The Voice Brasil. A temporada do ano passado mostrou que a fórmula está muito desgastada, e é pouco provável que a intenção do “quinto técnico” ou a despedida de Tiago Leifert sirvam como chamariz para que a coisa engrene. Vamos ver como ficará essa briga.

André Santana

15/09/2021

Postar um comentário

1 Comentários

Publicidade