terça-feira, 2 de março de 2021

Um ano depois, Adriane Galisteu finalmente fecha com a Record

Mais ou menos nesta mesma época do ano passado, a imprensa dava como certa a contratação de Adriane Galisteu pela Record. Segundo vários sites, a apresentadora já estava apalavrada com o canal, faltando apenas a assinatura do contrato para oficializar seu nome à frente do Power Couple. À Adriane caberia a missão de suceder Gugu Liberato no comando do reality de casais.

Porém, antes mesmo que o contrato pudesse ser fechado, veio a pandemia e a incerteza sobre o início da produção da edição 2020 do Power Couple. Daí, em seguida, veio o cancelamento da temporada, e Adriane ficou em compasso de espera. Mas seu nome sempre seguiu como o favorito para comandar a atração. Tanto que, um ano depois, a apresentadora e a emissora finalmente anunciaram o acordo.

Com isso, Adriane volta à casa onde fez o melhor programa de sua carreira como animadora. É Show, exibido entre 2000 e 2004, era um programa de auditório vibrante, com entrevistas e atrações musicais, sempre comandados com muita energia por uma inspirada Adriane. O passo em falso da apresentadora foi ter atendido ao chamado do SBT, justamente no momento em que a Record começava a decolar. Charme, seu programa nos domínios de Silvio Santos, foi um período de triste lembrança e ajudou a enterrar a carreira de apresentadora da artista.

De lá para cá, Adriane sempre foi vista em formatos que pareciam menores do que ela. Passou pela Band, onde esteve no Toda Sexta, Projeto Fashion, Muito + e Quem Quer Casar com Meu Filho?. Aventurou-se pela web, substituiu João Dória na BandNews, e até voltou a atuar em O Tempo Não Para, na Globo. Trabalhos que pareciam aquém de sua capacidade. Adriane, desenvolta e com excelente presença de palco, sempre foi sim uma boa apresentadora.

Por estas e outras, a Record acerta ao trazê-la de volta. Neste momento em que faltam bons apresentadores no cast da emissora, Adriane Galisteu surge como um belo e necessário reforço. Além disso, será interessante ver uma mulher à frente de um reality de confinamento como o Power Couple. Acredito que ela terá um belo desempenho à frente da atração. Aguardemos maio, que é o mês previsto para a estreia do programa.

André Santana

2 comentários:

  1. Sou fã da Adriane! Sempre torci por seu retorno à TV! Não vejo a hora de ver Power Couple!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fui espectador assíduo de Adriane no Superpop, no É Show e até no Charme! Achei uma ótima ideia da Record escalá-la para o Power Couple.

      Excluir