sábado, 15 de agosto de 2020

Troféu Santa Clara 2020: menções honrosas

 

Assim como 2020 tem sido um ano diferente na TV, com muitas reprises e programas reinventados em razão da pandemia de covid-19, o Troféu Santa Clara também teve suas “diferenças”. Não apenas pela presença da categoria “pior reprise de novela”, para contemplar a principal “novidade” do ano, mas também pela maior lembrança da programação do segundo semestre de 2019, vide a presença de A Dona do Pedaço em algumas categorias (e elegendo pior ator e atriz). A orientação sempre foi considerar o período agosto/agosto, mas é sempre mais comum, na história do Troféu, os “vencedores” serem do ano vigente. Neste ano, a memória do corpo de jurados foi mais longe.

Além disso, as categorias ator e atriz também resgataram atores e atrizes que estão no ar em reprises, como Caio Castro (voto de Rodrigo) e Julio Rocha (voto de Neuber). Fábio Costa, por exemplo, se lembrou de Leona Cavalli, no ar em reprises da Globo e da Record. “Tanto a Ariela de Apocalipse quanto a Gilda de Totalmente Demais pediam atrizes melhores e mais expressivas do que a eterna Valdete (“Meu Deus... Que nome vulgar...”) de Belíssima”, justificou. Mas trabalhos do ano corrente também apareceram, como o Zezinho de João Baldasserini em Salve-se Quem Puder, voto de Lucas. “O personagem Zezinho é pessimamente escrito. Fica a impressão de que o ator mais limitado do que costuma ser. Não há um timing de comédia, mas sim de vergonha alheia”, analisou.

Em pior apresentador, Rodrigo Faro levou com certa facilidade o Troféu, mas Sikêra Jr. (votos meu e de Rodrigo) e Luís Ernesto Lacombe (votos de Arthur e Fábio Costa) correram por fora. “Quando achamos que o mundo já está perdido, aparece este apresentador para piorar ainda mais a TV no Brasil. É um misto de Ratinho e Leão das antigas e uma pitada de Pânico na TV, versão piorada e que deveríamos nos esforçar para esquecer”, disse Rodrigo sobre Sikêra, a nova estrela da RedeTV. “Mostrou que está disposto a tudo pra se lançar, até em assassinar o jornalismo”, comentou Arthur, ao votar em Lacombe. “Eu diria Geraldo Luís ou Rodrigo Faro, mas dessa vez não tem como não ser do Luís Ernesto Lacombe. A Globo realmente por vezes faz as pessoas parecerem melhores do que são...”, arrematou Fábio Costa.

Em pior humorístico, Encrenca teve uma vitória apertada, em razão do voto bastante pulverizado. Dentre tantas opções, chama a atenção o voto em A Praça É Nossa, escolha de Neuber Fischer. “Desgastado e com as mesmas piadas de sempre, apesar da boa audiência, o humorístico já não tem o grandioso elenco e não agrada como antigamente”, disse.

Enquanto isso, se considerarmos apenas a TV entre o final de 2019 e março deste ano, era pouco provável que o Se Joga não levasse como pior programa de variedades. No entanto, Silvio Santos criou o Triturando, já de olho nesta importante estatueta, e não deu outra: levou. Ao Se Joga, coube um honroso segundo lugar. “É tanta variedade de quadros que nenhum foi capaz de dar uma identidade ao programa. Atrações são simplesmente jogadas ao público sem qualquer cuidado em trazer algum conteúdo relevante. Talvez derive daí o nome do programa…”, acredita Lucas. “Se Joga lembrava mais um liquidificador. Mistura tudo e joga no colo do telespectador. O programa ficava sem identidade, principalmente com um trio de apresentadores”, completa Fabio Maksymczuk.

Por fim, em pior programa da TV brasileira, as opções eram muitas. Por isso, Rodrigo Albuquerque não escolheu apenas um, mas toda uma cartela dos novos “cartuchos” de Silvio Santos. “Triturando, Alarma TV e loucuras do Silvio Santos com a Chris Flores. Na verdade, eu gostaria de destacar as atitudes do SS brincando de Televisão. Os tempos já estão difíceis, imagina o psicológico das pessoas que trabalham no SBT e recebem ligação dele. Vá ver Netflix meu querido, aproveita sua assinatura vitalícia e deixa quem sabe fazer TV cuidar do seu baú da felicidade”, conclui.

André Santana

4 comentários:

  1. O melhor foi ter lembrado da assinatura vitalícia do Sílvio Santos!!! Muito bom, André! Valeu demais ter participado de novo desse júri. Quero destacar os dois votos ao Programa Sílvio Santos como pior programa. O que já foi referência de entretenimento está bastante datado e desgastado. Acho que o resultado de todas as categorias foi muito coerente e estou pensativo sobre alguns pontos. Valeu a oportunidade, amigo! Um abraço a você e aos colegas de júri!
    www.cascudeando.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Silvio Santos perto de completar 90 anos deveria se aposentar, pois ele sabe mesmo é se divertir brincando de televisão.

      Excluir
    2. Acho que ele deveria ficar so como apresentador..ele como programador e bem questionável parece que esqueceu o sms eo que funciona. .sem o Chaves so sobra as novelas mexicanas polianas e nem o jornalismo escapa

      Excluir
    3. Adorei seu retorno ao Troféu Santa Clara, amigo Lucas! Vida longa e próspera!
      Kleber, obrigado por mais um ano com a gente!
      E Miguel, concordo! Silvio deveria se dedicar ao seu programa.

      Excluir