sábado, 13 de junho de 2020

Globo erra com reprise de "Cine Holliúdy"


Com Aruanas entrando na reta final nas noites de terça da Globo, a linha de shows da emissora abre uma vaga em breve. E o canal já anunciou que promoverá uma reprise de Cine Holliúdy no horário. A comédia, baseada no longa-metragem de mesmo nome, foi uma grata surpresa da emissora no ano passado, quando teve sua primeira temporada exibida e que alcançou sucesso de público e crítica. Mas, apesar do êxito, é o momento para um repeteco?

A série se passa nos anos 1970, na cidadezinha cearense de Pitombas, que tem como grande atrativo de diversão o cinema de Francisgleydisson (Edmilson Filho). Mas a tardia chegada da televisão ao lugarejo ameaça o negócio de Francisgleydisson, sobretudo quando o prefeito Olegário (Matheus Nachtergaele) atendendo às vontades da primeira-dama, Maria do Socorro (Heloísa Périssé), e da enteada, Marylin (Leticia Colin), coloca um aparelho de TV em plena praça. A “rivalidade” entre TV e cinema dá a tônica à série, que diverte com sua homenagem lúdica às artes visuais.

Cine Holliúdy foi uma série preterida na Globo, permanecendo na gaveta da emissora por um bom tempo, até finalmente encontrar uma vaga no horário nobre do canal no primeiro semestre do ano passado. E se revelou uma verdadeira pérola, com um texto esperto e gracioso, e atuações acima da média de Matheus Nachtergaele e Letícia Colin, a grande ladra de cenas da Globo. Além disso, revelou ao grande público Edmilson Filho e outros atores nordestinos talentosíssimos. Em suma, um grande acerto.

No entanto, sua exibição ainda é muito recente. Entende-se que, com a pandemia, a Globo teve que paralisar suas produções que ocupariam a faixa este ano, como a nova temporada de Segunda Chamada e a nova série Filhas de Eva. Mas o canal foi feliz ao escalar Aruanas, uma produção original Globoplay, para tapar este buraco. Por que, então, não recorrer novamente ao catálogo do Globoplay ou da Globosat e trazer algo novo ao público da TV aberta?

O streaming da emissora tem boas produções, como Ilha de Ferro, A Divisão ou Arcanjo Renegado, que poderiam ocupar o horário. Há também comédias, como Shippados (que eu, particularmente, acho que não funcionaria no horário, mas não deixa de ser uma boa série) ou Eu, a Avó e a Boi. Claro, uma reprise de Cine Holliúdy provavelmente terá bons índices de audiência, já que a série é realmente muito boa. Mas o espectador, que já está recebendo uma enxurrada de reprises de novelas, merecia algo novo para assistir.

André Santana

4 comentários:

  1. O mais estranho pra mim não é nem termos outras produções inéditas no Globoplay para serem exibidas, mas sim a reprise ser tão recente. Ok, podem estar pensando em outra temporada e querem que a série não caia no esquecimento do público, mas chama a atenção porque a Globo tem um vasto arquivo de seriados mais antigos que poderiam ser mostrados nesse momento.

    Me parece que a Globo segue um pouco no estilo do Vale a Pena Ver de Novo em não colocar reprises muito antigas, talvez temendo que elas não tenham muita audiência com o público atual. Ok, o Viva está aí para isso, mas uma ou outra vez poderiam usar esse expediente de revisitar o passado mais remoto na TV aberta também.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até no sábado cancelaram a reprise da escolinha

      Excluir
    2. Mas aí essa Escolinha entra na cota de reprises recentes que, a meu ver, desgastam o produto e mesmo essa Escolinha, pelo menos pra mim, não chega nem perto da versão antiga com o Chico Anysio.

      Excluir
    3. Verdade, Alexandre! Poderiam ter trazido algo menos recente. Fiquei sabendo que a reprise do Cine vai fazer dobradinha com outra reprise às terças: Tapas & Beijos. Que é boa e menos recente, achei uma escolha adequada (embora eu ainda prefira produções inéditas).

      Excluir