terça-feira, 11 de julho de 2017

Sábado à tarde: Globo exibe "Sai de Baixo" em rede nacional

Minha “sugestão” deu certo! Rs... Explico! Certa vez, comentei por aqui que seria interessante a Globo reprisar outro humorístico na Sessão Comédia, depois de dois anos reexibindo Os Caras de Pau, e que Sai de Baixo poderia ser considerado. Pois alguém lá na emissora pensou como eu e tratou de trazer de volta a família do Arouche na faixa das 14 horas dos sábados. O retorno deu certo e Caco (Miguel Falabella), Magda (Marisa Orth) e cia vêm registrando ótima audiência.

Mais do que a boa audiência, o retorno do Sai de Baixo alcançou, também, excelente repercussão. Tanto que choveram pedidos dirigidos à emissora para que o canal passasse a exibir a série em rede nacional. Como se sabe, a faixa das 14 horas da Globo é destinada à produção local, e a Sessão Comédia vai ao ar apenas nas regiões onde não há programas regionais no horário. No entanto, a direção da Globo resolveu atender aos pedidos dos espectadores e, a partir deste sábado, 15, passará a exibir Sai de Baixo em rede.

Para isso, a cabeça de rede reduziu a faixa local, que, em alguns lugares, ia até às 15h15. Agora, o horário local terá apenas meia hora, das 14h às 14h30. Depois disso, entra no ar o Sai de Baixo, para todo o Brasil. Para as emissoras e afiliadas que já exibiam o Sai de Baixo, a comédia continuará entrando no ar às 14h, mais cedo que nas outras regiões.

Curioso notar que a reprise do Sai de Baixo conseguiu o que Angélica, em oito anos, tentou, sem sucesso. Desde 2006, quando estreou seu Estrelas, inicialmente exibido das 13h45 às 14h30 (ou seja, faixa local), a apresentadora pedia que a atração fosse ao ar em rede nacional. Pois foram anos e anos na tentativa, até que, em 2015, a direção da emissora decidiu pelo fim da sessão de filmes Cine Fã-Clube (que, por sua vez, substituiu o TV Xuxa), e empurrou Estrelas para a faixa das 15h, finalmente colocando Angélica para todo o Brasil. A Sessão Comédia, assim, foi criada como tapa-buracos entre 14h e 15h. Vale lembrar também que o próprio Caldeirão do Huck, hoje o carro-chefe das tardes de sábado, também era exibido em horário local em seu primeiro ano, 2000. Apenas a partir de 2001 o programa de Luciano Huck tornou-se obrigatório na rede.

Falando em Estrelas, comentei aqui que foi boa a ideia da direção do programa de mudar o formato e partir para as temporadas temáticas. Estrelas Solidárias, que mostra Angélica e seus convidados mostrando trabalhos assistenciais pelo Brasil, é bem interessante. Mas, como previsto, já está cansando. Estrelas Solidárias já deu, pois, como trata de um único tema, acaba ficando repetitivo. Quando o novo formato foi anunciado, falou-se que o programa teria várias temporadas temáticas ao longo do ano, que durariam cerca de três meses cada uma. Pois Estrelas Solidárias já está no ar há três meses, e até agora não se falou sobre qual será o próximo tema a ser explorado no programa. Será que mudaram de ideia e o programa ficará assim até o fim do ano? Já está na hora de mudar a temática.

O TELE-VISÃO virou livro! Compre agora! CLIQUE AQUI: http://bit.ly/2aaDH4h


André Santana

16 comentários:

  1. Realmente de 2 anos para cá o Estrelas passa aqui na afiliada da minha região (tv TEM bauru sp)
    Porém o que mais me intriga é que a atração da Angélica passa despercebida ,não exibem chamadas durante a programação ,parece que o programa simplesmente não passa !
    Lamentável ver Angélica não tendo o seu devido valor na tv

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também assisto a programação da Globo pela TV Tem, de São José do Rio Preto - SP. Eu vejo chamadas no ar sim, não sei se em Bauru é diferente. Mas sim, já bati nesta tecla muitas vezes aqui e concordo que Angélica merece muito mais do que o espaço que ocupa.

      Excluir
  2. Sobre Estrelas Solidarias, a minha primeira preocupacao, eh que, esse programa fatalmente sera associado a uma ideia oportunista politicamente falando, ja que, faz algum tempo que se fala que Luciano Huck tem ambicao de exercer um cargo majoritario politico. Embora saibamos que o proprio Huck tem uma ONG e isso independende dessa sua suposta ambicao politica, eh inevitavel, uma parcela dos brasileiros verem com desconfianca Angelica fazer um Estrela Solidaria. Nos sabemos que o casal tem uma preocupacao social sim, mas a associacao do programa, que eh bom sim, com o lado politico do Huck, por uma parcela dos brasileiros, eh inevitavel.
    PS: Andre voce viu o inbox do seu face, mandei um tempo umas msgs la.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não acredito que Estrelas Solidárias tenha a ver com a remota possibilidade de Luciano Huck enveredar para a política. Até porque a reformulação do programa partiu da direção de gênero da Globo, e não da apresentadora. Como eu disse logo que a temporada estreou, achei a ideia muito boa, pois os projetos mostrados são muito interessantes. Mas é um formato que cansa, já devia ter sido encerrado. Sobre seu inbox, vi sim, mas não pude responder quando vi e deixei pra depois e... esqueci! Rsrsrs! Desculpe! Logo conversaremos pelo facebook. Abraço!

      Excluir
  3. Não sabia que o Caldeirão do Huck em 2000 era em horário local...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Era sim, a faixa entre 14h30 e 16h dos sábados não era obrigatória para a rede em 2000. Tanto que o programa de sábado anterior da Globo, uma bobeira chamada Samba, Pagode e Cia, jamais foi exibida em várias regiões do Brasil. Muita gente não faz ideia que Netinho de Paula e Salgadinho dividiram um programa na Globo em 1999. Curiosidades da telinha, hehe!

      Excluir
  4. Angélica vem desenvolvendo melhor!já nos primeiros Estrelas Solidáririas parecia um pouco perdida
    Porém está de longe de ser uma atração que Angélica mereça ,ela é muito animada e um programa com auditório nas tardes de sábado com ela nesse horário cairia bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho! Não que o Estrelas Solidárias seja ruim, como já disse antes, só acho que é um formato com prazo de validade.

      Excluir
  5. O mais interessante nisso é que Angélica consegui só depois de 8 anos seu Estrelas em rede nacional e o Sai de Baixo ,que é ótimo por sinal ,porém é reprise e passa na tv fechada a exaustão consegui ir pra rede em 3 meses
    Infelizmente qdo Angélica foi pra rede seu programa estava um pouco desgastado não por causa dela ,mais hoje em dia tudo carece de novidade
    Quando acabou o video game em 2011 Angélica ficou umns 4 anos sem ter seu rosto na tela de rede globo ,já que no interior e muitos estados não exibia sua atração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Aqui na minha região mesmo o Estrelas não era exibido até 2014, eu assistia pela internet ou pelo Viva. Muita gente daqui sempre me perguntava porque a Angélica não aparecia mais, se ela havia saído da Globo, enfim. A reformulação deste ano do programa foi válida, mas prometeram que duraria só três meses, e depois o Estrelas teria um novo tema. Mas já se passaram três meses e o voluntariado continua lá. Rs

      Excluir
  6. O Estrelas da Angélica embora esteja no ar desde Abril de 2006, só passou á ser exibido em rede nacional no último sábado de Abril de 2015 (25/04/2015 véspera de aniversário do Cinquentenário da Globo), ocupando o lugar da sessão de filmes Cine Fã-Clube (que ficou no ar de Fevereiro de 2014 á Abril de 2015 ocupando o lugar do TV Xuxa que foi o último programa da eterna Rainha dos Baixinhos na Globo)! O Caldeirão do Huck em seu primeiro ano (2000) era exibido em horário local nas tardes de Sábado da Globo e passou á ser exibido em rede nacional no ano seguinte (2001), mas o Caldeirão do Huck no seu primeiro ano (2000) passava aqui na região de Sorocaba na antiga TV Aliança (atual TV TEM - Sorocaba).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo, Denis! Aqui na região de São José do Rio Preto, a afiliada da Globo, TV Progresso, mudou o horário dos programas locais que eram exibidos nas tardes de sábado para poder exibir o Caldeirão do Huck por aqui. A TV Aliança deve ter feito o mesmo. Atualmente, a TV Progresso também se tornou TV Tem.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    4. O mesmo fez a antiga TV Aliança (atual TV TEM Sorocaba) quando estreou o Caldeirão do Huck em Abril de 2000 nos Sábados globais (tentativa para tentar ultrapassar o Raul Gil que na época bombava na Record aos Sábados, na mesma época o Gugu no SBT ganhava do Faustão na maioria dos Domingos)! A TV TEM além de ser a antiga TV Aliança aqui em Sorocaba e TV Progresso aí na região de São José do Rio Preto, é também a antiga TV Modelo na região de Bauru! Aqui no estado de São Paulo o Caldeirão do Huck em seu primeiro ano (2000) eu sei que não passava na EPTV (Campinas, Ribeirão Preto, São Carlos e Sul de Minas) que exibia no mesmo horário o Terra da Gente que continua no ar, no horário local das afiliadas da Globo aos sábados após o Jornal Hoje.

      Excluir
    5. Parabéns pelo texto e pelo blog André.

      Excluir