terça-feira, 25 de abril de 2017

"Conversa com Bial" promete o retorno do programa de entrevistas sem "firulas"

Enquanto os humoristas colocam seus convidados para rir em seus The Noite, Programa do Porchat, Lady Night e até o Adnight (este tenta, né…?), Pedro Bial estreará nas madrugadas da Globo na semana que vem querendo conversar. No novo Conversa com Bial, a ideia será bater papo, seja numa entrevista, num debate de ideias, numa mesa-redonda bem-humorada e até com a exibição de entrevistas antigas, de arquivo. A atração estreia no dia 2 de maio, após o Jornal da Globo.

Segundo o jornalista Daniel Castro, em matéria no site Notícias da TV, Conversa com Bial terá dinâmicas diferentes ao longo da semana. Num dia, será dedicado a uma grande entrevista, com um único convidado ocupando toda a atração. Num outro dia, Conversa com Bial abre espaço a debates, com a participação de entrevistados e de especialistas que devem compor um cast fixo do programa. Também haverá um dia em que a atração exibirá uma entrevista ou reportagem antiga de Bial, que será atualizada com a presença do entrevistado em questão. Haverá ainda um dia para o humor, quando Conversa com Bial terá uma bancada de humoristas e convidados para debater os assuntos do dia de maneira bem-humorada. O dia do humor será às quartas-feiras.

Sob direção de Monica Almeida e núcleo de Ricardo Waddington, Conversa com Bial terá, ainda, um cenário modular, que se adaptará à “proposta do dia”. Ou seja, a ideia da Globo é, realmente, ir na contramão da concorrência, que exibe night shows tradicionais, a la Programa do Jô. É um programa de entretenimento, mas carregará a bagagem de jornalismo de Pedro Bial.

É louvável a iniciativa da emissora de ir por um novo caminho. Pena que, para isso, o canal acabou abrindo mão de Jô Soares, figura essencial da história da TV e que abriu as portas para o que se vê hoje nos outros canais. Ainda estamos na torcida para que Jô retorne após seu “ano sabático” na televisão para uma atração que consiga explorar todo o seu potencial. Por mais que hoje SBT e Record exibam programas nos mesmos moldes de Jô, era a presença do veterano que fazia toda a diferença. Os atuais têm seus talentos, mas estão mais preocupados em fazer rir do que em oferecer um bom bate-papo. E isso não é um demérito, apenas uma constatação.

Por outro lado, apostar num talk show diferente é uma proposta certeira, ainda mais neste momento em que estão em falta bons programas de entrevista na TV aberta. Tempos atrás, figurões como Marília Gabriela e Bóris Casoy tinham ótimos programas de entrevistas, sem firulas, contando apenas com um bom convidado. Mas a atração de Bóris está extinta há mais de dez anos, desde que o jornalista deixou a Record, e Marília Gabriela revelou estar cansada do formato que a consagrou, deixando órfãos os fãs de De Frente com Gabi, do SBT. Atualmente, Mariana Godoy é que tem feito um excelente trabalho em seu Mariana Godoy Entrevista, na RedeTV. Mas é pouco. Neste contexto, Conversa com Bial veio em boa hora. Agora é esperar a estreia para ver se esta lacuna será bem preenchida. Aguardemos.

O TELE-VISÃO virou livro! Compre agora! CLIQUE AQUI: http://bit.ly/2aaDH4h


André Santana

7 comentários:

  1. Como te falei, essa massificacao de talk show com a formula, humor, apresentador sendo mais estrela que o convidado, piadinhas e tal, me cansou. Sinto falta do Rafinha e a Tata eh um frescor, mas a formula igual para todos ja nao faz querer assistir tanto a um programa desses. Comentei tambem que na antiga CNT a Marilia Gabriela ja tinha um talk show, so que mas com as caracteristicas dela. E mesmo o Jo usando essa formula de humor e por muitas vezes ele falava mais que o convidado, preferia ele do que os outros, porque, com todo o respeito aos mais jovens, ele tem uma bagagem cultural sem ser metido, tinha o seu Meninas do Jo, enquanto que o Danilo e Fabio utilizam um esquema tao igual que nao me encanta mais. Prefiro o Fabio porque o Danilo entrou numa seara conservadora que me desagrada, mas no geral,atualmente ta me incomodando o apresentador ser mais importante que o entrevistado. Lendo a critica do Nilson no UOL, ele mesmo disse que prefere o talk show dela por ela, independente do convidado. Entao sao duas coisas que me incomodam, uma eh a massificacao da mesma formula de talk show e outra o apresentador ser mais immportante que o entrevistado.
    Entao, sem Marilia Gabriela e Jo Soares na tv aberta, eh com muita alegria, esperanca e boas expectativas que aguado o Conversa com o Bial. Se for um decimo do que foi o Na Moral ou mesmo que for igual ao que eh o programa dele na GNT, ficarei satisfeito. Bial ocupara um espaco vago, dando mais enfase a uma entrevista jornalistica,seria sem ser chata e ele nao eh do tipo que quer aparecer mais do que o convidado, embora ja sabemos que o programa dela sera maior que isso, e pelo jeito sera o programa de entrevistas com a maior infraestrutura feita na tv brasileira . Nao que seja defeito, mas essa massificacao pra ta muito saturado. Tambem sou como voce Andre, torcendo pro Jo voltar pra tv de preferencia aberta, mas to ansioso (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jo tibha humor sem ser bobo..bial e mais dobrio porem como tem bagaem de hornslista pode conseguiir ir alem nas conversas

      Excluir
  2. Acho importante que se tenha um programa de entrevista na TV aberta que fuja dos esquetes de humor claramente armadinhos para gerarem repercussão, que é o que vemos hoje em dia. Porém creio que falta ainda mais programas de DEBATE, com espaço ao contraditório. Os programas mais analíticos normalmente são com pessoas que pensam mais ou menos a mesma coisa. E alguns são jogados em horários péssimos. Vamos ver se o programa do Bial trás um pouco disso; o Na Moral tinha essa ideia, mas era extremamente editado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você! Também sinto falta dos programas de debates. O Na Moral, mesmo muito editado, promoveu debates muito interessantes. Pena que só teve duas temporadas.

      Excluir
  3. Se der esse certo esse programa do Bial na rede globo ,um programa de entrevistas mais sério ,já prevejo as outras redes tb aderindo a esse formato ,pode escrever o que digo !
    Uma das que vai aderir a esse formato com certeza será a Record

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está dando muito certo! E o programa é muito bom! Se copiarem boas ideias, seria bem legal!

      Excluir