quinta-feira, 28 de maio de 2020

Zeca Camargo deixa a Globo e Fernanda Gentil assume "É de Casa"

Além das mudanças na programação provocadas pelo coronavírus, a Globo também segue com sua política de enxugamento de gastos, com a dispensa de apresentadores veteranos. Zeca Camargo engrossa a lista dos dispensados do canal nos últimos tempos, uma bola cantada já há algum tempo. Recentemente, informações de que o apresentador não estava satisfeito com uma redução salarial, e que poderia até se transferir para a Record e comandar o Domingo Espetacular, circularam. 

Não se sabe se Zeca vai para a Record, mas o apresentador está de saída da Globo, onde comandava o É de Casa há cinco anos. A emissora divulgou, em nota oficial, que Zeca está deixando o canal “em comum acordo”, e que as portas estão abertas para qualquer novo projeto nas plataformas do grupo. Ou seja, Zeca está saindo do É de Casa e encerrando um contrato fixo, mas pode voltar ao grupo com contrato por obra, caso surja algum novo projeto, como aconteceu recentemente com Otaviano Costa e Angélica.

A dispensa não chega a surpreender. Zeca estava subaproveitado na Globo desde que assumiu o É de Casa, um programa que explorava pouco o repertório do apresentador. Especialista em música e um jornalista cultural de carreira, Zeca é um profissional estofado, mas sem espaço para mostrar isso. Ele chegou à Globo em 1996, vindo da MTV, justamente para trazer projetos voltados ao público jovem, uma fatia de audiência que a emissora encontrava dificuldades em dialogar naquela época.

Assim, Zeca chegou ao Fantástico com a missão de testar novos formatos e novas abordagens sobre assuntos gerais. Seu momento mais bem-sucedido nesta fase foi o Altos Papos, um quadro no qual levava temas diversos para serem debatidos por adolescentes. Na época, diziam que o quadro era um teste para que Zeca emplacasse um programa jovem diário no canal carioca, numa tentativa da Globo de fazer algo próximo do Programa Livre.

Além do Fantástico, Zeca se tornou curinga na grade, assumindo projetos especiais. O mais marcante deles foi o No Limite, primeiro reality show brasileiro da TV aberta, que se tornou um fenômeno de audiência no ano 2000. Ele também comandou outros realities, como Hipertensão e O Jogo, até assumir a apresentação do Fantástico, quando Pedro Bial deixou o posto. De lá, foi parar no Vídeo Show, naquele malfadado formato tipo talk show que Ricardo Waddington tentou emplacar. E foi ali que ele se perdeu. Com o fim daquela versão do vespertino, Zeca acabou ganhando o É de Casa como prêmio de consolação, num palco que dividiu com outros cinco apresentadores sem projeto na Globo. Zeca nunca combinou muito com a atração. Por isso, sua dispensa neste momento em que a Globo não tem mais segurado artistas faz sentido.

Mais surpreendente é a escalação de Fernanda Gentil para o programa das manhãs de sábado. Fora do ar desde a “suspensão” do Se Joga, a loira volta ao ar apresentando dicas para a quarentena. A novidade foi lançada como um quadro, mas, na prática, Fernanda deve revezar no comando das atrações do É de Casa com Ana Furtado, Patrícia Poeta e André Marques. Ou seja, Fernanda é a substituta de Zeca Camargo. Mas a Globo ainda não assume isso, já que isso significaria admitir que o Se Joga realmente chegou ao fim. Porém, parece bastante claro que, se Fernanda se sair bem ali, é ali mesmo que ela vai ficar.

E vale lembrar que o É de Casa faz parte do núcleo de Mariano Boni, o diretor de variedades da Globo que foi o responsável por tirar Fernanda Gentil do esporte e passá-la para o entretenimento. Tudo se encaixa.

André Santana

18 comentários:

  1. O Zeca Camargo depois que deixou o Fantástico se perdeu ao ir para o Vídeo Show e aí eu digo que foi o começo do fim do programa e quem agradeceu foi a Record e a Hora da Venenosa, agora que mico foi o Se Joga, um programa que se não voltar não deixará saudades e uma mancha na carreira da Fernanda Gentil.

    ResponderExcluir
  2. É tão óbvio pra mim que teria de voltar o Vídeo Show nas tardes de sábado que chama a atenção não terem visto ainda isso na Globo e mesmo a Fernanda Gentil poderia ser a apresentadora desse retorno. Por mais que as reprises na faixa de horário sejam um porto seguro para a emissora (até pela falta de concorrência), também me parece claro que poderiam usar o horário para um conteúdo inédito e mais criativo do que simples reprises.

    Sobre o Zeca Camargo, uma boa lembrança que tenho dele é na apresentação do MTV no Ar, que era um bom noticiário musical (o que faz lembrar a falta que a verdadeira MTV faz...). Na Globo foi isso que vocês comentaram, se perdeu ao ir para o projeto furado que foi aquela mudança do Vídeo Show.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alexandre, eu sou tão entusiasta de um Vídeo Show semanal nas tardes de sábado... Pena que a Globo não pense nisso! E o Zeca, as pessoas detonam muito ele hoje em dia, por conta de seus úlitmos projetos equivocados, mas se esquecem do baita profissional que ele é e o quanto de coisa interessante ele fez no passado. Gosto do Zeca e gostaria que ele se reencontrasse na TV.

      Excluir
  3. Gostava muito do Zeca na época do Fantástico, tanto nas viagens quanto nas entrevistas com artistas internacionais. Essa é realmente a cara dele. Quem sabe Zeca não aposta num programa de viagens? O problema é ter um diferencial em um segmento claramente saturado (Anota Aí e Pedro Pelo Mundo são os melhores, na minha opinião). Ou vai acabar cedendo ao convite da Record pra (tentar) fazer lá o que fez por anos na Globo.

    Obs: a Globo tá dispensando todos os seus veteranos, hein. Ou colocando de escanteio como faz com os medalhões nas novelas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mister Ed, além de viagens, o Zeca é um baita jornalista cultural e um especialista em música. Ele poderia fazer algo nos moldes do Metrópolis num canal pago... seria muito bom!

      Excluir
  4. Só pra descontrair... Quais dessas lives vocês gostariam de assistir hehe
    1. Angelica e Mara Maravilha
    2 Xuxa e Galisteu
    3 claudete troiano e Cátia Fonseca
    4 Cristina Rocha e Márcia
    5 Silas Malafaia e Edir Macedo
    6 Ana Hickman e Cris Flores
    Quem quiser brincar tb dando outros exemplos ou dizendo Quais livre querem

    ResponderExcluir
  5. Se joga podia acabar e voltarem com um vídeo show reformulado no sábado que anda tão abandonado que voltaram com a sessão de sábado...podetia ser com a Xuxa. .seria um retorno triunfal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Xuxa num novo Vídeo Show? Achei interessante, viu? Globo, corre aqui! rs

      Excluir
    2. Algo retro com my6uto arquivos de novelas e programaa antigos e o povp conentando curiosidades da epoca ..da própria xuxa bastidores do monte de filnes que ela fez..como foi rodado o super rxuxa contra baixo astral e lua de Cristal..ela zoando aa roupas que usava...eu gosto dessaa coisas





      Excluir
  6. Mais do que uma dispensa promovida pela Globo nessa época de vacas magras, essa ruptura é a prova de que o Zeca já estava desgastado, não só por estar num formato nada a ver, como também por conta de outros fatores que colaboraram para tal desgaste, entre os quais se incluem o comando do Vídeo Show que foi o ápice da derrocada e o dia em que ironizou a morte do Cristiano Araújo e elogiou o Lucas Lucco, além é claro do antológico episódio do Fantástico "isso é coisa de viado". Não sou fã do Zeca Camargo, mas desejo boa sorte pra ele na próxima empreitada. Quanto à Fernanda no É De Casa eu digo o mesmo, e é aí que me fiz a mesma pergunta: se ela vingar no matutino, qual será o destino do Se Joga (no lixo)? Não sei se vc tá sabendo, André, mas teve ainda a questão dos direitos do nome do programa, que se a Globo perder o processo, o programa vai ser encerrado ou mudará de nome. E agora com a ida da Gentil para o É De Casa, a situação do Se Joga ficou delicada. Um programa que nem deveria ter nascido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. João, eu fiquei sabendo sim do imbróglio do nome do Se Joga. Mas não acho que isso impeça a Globo de voltar com o programa. De repente pode até voltar com nome novo, se ele realmente for proibido. Mas acho que a Globo faz melhor negócio se desistir desse troço mesmo...

      Excluir
    2. Pra mim o zeca era gay..nao poderia aer ser homofobico

      Excluir
  7. Fala André!
    A Globo e sua bagunça institucionalizada. E Angélica? Angélica, nada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcelo, o programa da Angélica estava pronto para a estreia! Programa fechadinho, gravado e editado. Mas... a pandemia impediu a estreia. Como o programa fala sobre vida e felicidade, a pandemia deu uma nova perspectiva à temática. Ou seja, ele terá que ser repensado. Então, se vingar, ficará só para o ano que vem... Tô torcendo pra Angélica fazer mais especiais pro GNT, o Cartas Para Eva foi muito bom! Você viu?

      Excluir
  8. Estava animado com a possível volta do No Limite, mas agora com a saída do Zeca... =( Sobre a Fernanda Gentil parecem estar querendo queima-la igual fizeram com a Glenda. Uma pena é uma boa profissional.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Torço pela Fernanda! Acho que o primeiro passo dela no entretenimento foi errado, pois o Se Joga era muito ruim! Quem sabe não surge um projeto melhor mais adiante?

      Excluir