terça-feira, 12 de maio de 2020

Com "Cartas Para Eva", Angélica mostra que seu lugar é o GNT


Como parte da programação especial de Dia das Mães, o GNT exibiu, no último domingo, 10, o programa Cartas Para Eva. Na atração, a apresentadora Angélica aparece escrevendo uma carta sobre feminismo para sua filha caçula, ao mesmo tempo em que faz entrevistas sobre a força feminina, debatendo os desafios da maternidade na pandemia com figuras como Ivete Sangalo e Luiza Helena Trajano. A atração, de roteiro delicado e execução simples e certeira, mostrou o que este blog tem insistido há tempos: Angélica é a cara do GNT!

Cartas Para Eva mostrou que Angélica está mesmo buscando uma reinvenção na TV. Isso porque sua carreira, até aqui, ficou marcada por programas sem grandes pretensões. Animadora de mão cheia, Angélica comandou games, musicais e entrevistas rasas. Pouco se viu a apresentadora, em cena, debatendo assuntos relevantes, ou trazendo informações e até levantando bandeiras. Ela sempre foi puro entretenimento.

No entanto, algo mudou na apresentadora. Desde o acidente de avião que sofreu com sua família, há alguns anos, Angélica tem dado entrevistas falando sobre a transformação interior que passou por conta do ocorrido. A estrela revelou que ioga e meditação foram fundamentais para que ela se livrasse do pânico. Em suas redes sociais, Angélica tem, cada vez mais, compartilhado conteúdo sobre vida simples e positividade. Nas últimas semanas, ela até vem realizando lives com entrevistas sobre fé e saúde mental.

E vale lembrar que esta também é a intenção de seu novo projeto na Globo, o programa Simples Assim. A atração, que deveria ter estreado no mês passado, foi interrompida em razão da pandemia. A ideia do novo programa, como o próprio título sugere, é falar sobre assuntos que colaboram para uma vida simples, plena e feliz. Bem em sintonia com o discurso da apresentadora em entrevistas e nas redes sociais. O fato de ela ter apresentado um especial sobre feminismo no GNT é mais uma prova de que a apresentadora, depois de anos fazendo entretenimento, quer fazer algo mais relevante. Que passe alguma mensagem e acrescente algo ao público.

Vida simples, maternidade, positividade, feminismo... esta “nova” Angélica é ou não é a cara do GNT? A apresentadora quer abordar novos assuntos. No entanto, os assuntos aos quais ela se propõe esmiuçar parecem mais próximos da TV paga do que da TV aberta. Simples Assim, só pela descrição e pelo título, já não parece algo que o GNT exibiria? E Cartas Para Eva não reforçou esta impressão de que o atual discurso da apresentadora está alinhado à proposta do próprio canal? Angélica pode querer seguir na TV aberta, já que “nasceu” e cresceu ali. Mas, talvez sem perceber, ela caminha para outros rumos. Tanto o GNT quanto a internet parecem caminhos mais naturais para suprir os anseios que a apresentadora claramente demonstra. E o fato de agora ela trabalhar como “freelancer” para a Globo pode fazê-la encontrar outras maneiras de fazer reverberar o seu atual discurso.

André Santana

6 comentários:

  1. Sem dúvidas o Simples Assim é a cara do GNT. Como também já disse em posts anteriores, acho que o programa vai flopar na Globo (sorry, mas o programa não tem cara nenhuma de TV aberta) vide Otaviano Costa e vão migrá-lo pra TV paga. Em se tratando de um programa de temporada, a Globo poderia estrear o Simples Assim direto no GNT e dar outro programa, também de temporada, pra Angélica na Globo. Quem sabe o retorno do Vídeo Show repaginado aos sábados?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótima ideia saudades da Angelina e do vídeo show com teprtagens sobre Cultura pop em. geral

      Excluir
  2. Não me conformo com a má vontade da rede Globo em relação a Angelica
    Seria mais que merecido sua presença na tv com um programa de preferência c auditório
    Como já disse em outros post, vários programas piferoam ter sua apresentação
    Engraçado que Huck continua neh no ar, agora sua esposa não ( devido a possível política)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caio, Huck continua no ar porque traz muito faturamento pra Globo, não à toa que seu tempo no ar só aumentou nos últimos anos. Caso não entre pra política, Huck é, sem dúvidas, possível substituto do Faustão aos domingos, quando o mesmo se aposentar.

      Excluir
    2. Caio, sempre vi essa relação da Globo com a Angélica como má vontade, como você disse. Mas hoje eu vejo a Angélica tão empenhada em passar essa mensagem de qualidade de vida, que eu acho que foi o contrário. Acho que é a apresentadora que não vê mais sentido fazer os programas que fazia, e agora está buscando algo mais autoral. E a Globo abraçou a vontade dela, tanto que estão produzindo o Simples Assim. Pode ser uma inquietação de artista. Legal isso.

      Excluir