terça-feira, 28 de janeiro de 2020

Nova grade dominical da Record pode ser um tiro no pé

"Não veja Chaves, veja eu!"
Recentemente, a Record anunciou que The Four Brasil, de Xuxa Meneghel, passaria a ser apresentado nas noites de sexta, e não mais às quartas, como aconteceu no ano passado. Porém, poucos dias depois do anúncio, a emissora veio com outra novidade. Tratou de reservar aos seus realities semanais as noites de domingo, na faixa das 18 horas, depois de Hora do Faro. Será neste horário que exibirão The Four, Dancing Brasil e Canta Comigo em 2020. O pacote de novidades também inclui uma edição dominical do Hoje Em Dia.

As mudanças vêm embaladas pela estreia do novo Domingo Show. Sabrina Sato assume a faixa que era de Geraldo Luís a partir do dia 8 de março, numa atração que será exibida das 11h às 14h. Antes dela, César Filho, Ana Hickmann, Renata Alves e Ticiane Pinheiro se revezarão num “plantão” do Hoje Em Dia, que será exibido das 9h às 11h. Mais tarde, Hora do Faro muda de horário, e passa a ir ao ar das 14h às 18h, entregando para o The Four. Depois de Xuxa, segue o Domingo Espetacular, a partir das 19h45.

Trata-se de uma estratégia de guerrilha da emissora. Depois de nadar de braçadas com seus Domingo Show e Hora do Faro há alguns anos, a Record viu a vice-liderança dominical passar para o SBT. Isso aconteceu quando a emissora enxugou o Domingo Show e, pouco tempo depois, o SBT turbinou o Domingo Legal, com mais tempo e novos quadros no programa de Celso Portiolli. Assim, Domingo Legal viu seus índices crescerem, aumentando também a entrega para o Eliana, que conseguiu passar Rodrigo Faro. Ou seja, as mudanças são um contra-ataque da Record.

No entanto, trata-se de uma estratégia de alto risco. Primeiro, porque vão mexer no horário do Faro, que é praticamente o mesmo desde a estreia. Segundo, porque vão novamente apostar no Hoje Em Dia aos domingos. Num passado distante, o matinal tinha edições aos finais de semana, e contava até com um “time B” de apresentadores para os sábados e os domingos. Mas não deu certo. E neste horário, vale lembrar, o SBT exibe o bom e velho Chaves, um adversário peso-pesado e difícil de derrubar.

Como se não bastasse tudo isso, a emissora vai jogar para os domingos, numa concorrência direta com o Domingão do Faustão, realities que nunca apresentaram grandes resultados. The Four, Canta Comigo e Dancing Brasil tiveram desempenho apenas OK nas noites de quarta. Acreditar que estes formatos poderão reagir aos domingos me parece ingenuidade. Fora que a emissora promoverá um embate de competições de dança, já que o Dancing Brasil deve bater de frente com a Dança dos Famosos. A verdade é que os formatos de Xuxa, assim como o Canta Comigo (que ainda não tem novo apresentador definido e terá uma edição teen este ano, além da tradicional), não devem ter fôlego diante de Eliana e Fausto Silva. A Record, provavelmente, vai queimar cartucho com a manobra.

André Santana

7 comentários:

  1. O entretenimento da Record e frio e engessado e você de formatos. .fica merecia um novo programa seu

    ResponderExcluir
  2. Eu já acredito que os formatos devem trazer respiro ao chororô habitual dos domingos da Record. E talvez os formatos de dança de Xuxa e Faustão nem se esbarrem, é só ter um pouquinho de estratégia. A ideia dos talent shows às 18h me parecem interessantes justamente porque há público no horário interessado nesse conteúdo. A audiência do novo horário é bem diferente da que assistia os programas às 23h, talvez esse fator seja o responsável por fazer dar certo. Acho que a maioria dos colunistas que li estão apostando no "fracasso" da medida adotada. Esquecem, no entanto, de festejar, ao menos, uma grade mais alegre nos domingos da TV.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Domingo tem mais gente Vendo tv

      Excluir
    2. "E talvez os formatos de dança de Xuxa e Faustão nem se esbarrem, é só ter um pouquinho de estratégia". Até concordo com você, Mister Ed, o problema é que a Record não é muito boa de estratégias. Eu concordo também que o domingo da emissora vai ficar mais variado e menos triste. E, particularmente, eu gosto de todos estes formatos que devem ocupar a faixa. Mas eu não acredito que eles terão fôlego aos domingos. Eles enfrentarão programas de variedades. Se, na possibilidade de eles começarem bem, Eliana e Domingão do Faustão vão se mexer para tentar reverter. Já os formatos são fechados, não terão como se mexerem em caso de guerrilha. Eu ainda acho que estes formatos não têm força para esta missão. Mas acredito que, se for uma derrota grande, a Record não vai se constranger em mudar o horário novamente.

      Excluir
  3. Acredito que a estratégia da Record vai dar certo, porém precisam ter paciência... O único erro dessa estratégia é não colocar um programa de variedades pra Xuxa com entrevista de famosos, aquele quadro das vistas aos fãs e o The Four, Dancinha e Canta comigo como quadros carro chefes se revesando em temporadas. Iam criar barulho na mídia pois se trata da Xuxa num formato de variedades aos domingos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mateus, eu gosto muito da Xuxa. Mas um formato de variedades para ela teria que ser algo muito diferente do seu extinto programa das segundas-feiras. E, ainda assim, teria que ser algo muito grandioso, já que Xuxa não é boa de ibope faz tempo. O domingo é concorrido demais. E eu, infelizmente, não acho que a Record tem condições de fazer algo assim.

      Excluir