Ticker

6/recent/ticker-posts

Publicidade

História da TV: há 23 anos, Eliana trocava SBT pela Record

Eliana no Eliana & Cia
Foto: reprodução

No dia 18 de setembro de 1998, o SBT exibia o último programa Eliana & Cia. O infantil, que registrava ótimos índices de audiência na emissora, voltava a se chamar Bom Dia & Cia dois dias depois, e ganhava uma nova apresentadora, Jackeline Petkovic. A mudança se deu em razão da saída de Eliana do SBT, em razão de seu novo contrato com a Record, que a chamou para reavivar sua grade infantil.

Eliana se tornou apresentadora infantil a partir de 1991, quando foi convidada por Silvio Santos para comandar o Festolândia. Mas a atração saiu do ar poucos meses após a estreia, e a apresentadora passou a dividir o comando da Sessão Desenho com a Vovó Mafalda. Porém, em 1993, ela voltou a ter um programa para chamar de seu, quando entrou no ar o Bom Dia & Cia.

Diferente dos infantis da época, mais didático e sem plateia, Bom Dia & Cia revelou-se uma fórmula simples e vitoriosa, dando novo status a Eliana. A apresentadora explodiu ao cantar suas músicas infantis, conversar com personagens como Flitz, Melocoton e Recicléia e, ainda, ensinar as crianças a fazer experiências e brinquedos com sucata. E assim o Bom Dia & Cia, que estreou dividindo espaço com a Sessão Desenho e o Show Maravilha, acabou se tornando o principal infantil das manhãs do SBT.

Foi justamente por conta do sucesso de Eliana nas manhãs da emissora que o Bom Dia & Cia se tornou Eliana & Cia a partir de 1996. Ao colocar o nome da apresentadora no título da atração, o SBT consolidava a marca e mostrava que o programa tinha uma assinatura. Isso fortaleceu Eliana, que seguiu como um sucesso dentre as crianças da época.

No entanto, o programa acabou se tornando menor que o nome de Eliana. A apresentadora se tornava uma marca de sucesso, com muitos discos vendidos e inúmeros produtos licenciados. Assim, de acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, a apresentadora teria pedido modificações no programa, mas não foi atendida. “Silvio Santos dizia que o programa estava indo bem e não precisava mudar”, contou Eliana ao jornal. “Quando eu mostrei a proposta da Record, ele me desejou boa sorte e disse que as portas continuariam abertas”, revelou a apresentadora.

Ainda segundo o jornal, Silvio Santos pressionou Eliana para que ela decidisse se deixaria a emissora. E, antes mesmo de ela anunciar sua decisão, o patrão já escalava Jackeline Petkovic para dividir a apresentação do matinal com a loira. Assim, Eliana decidiu partir, mesmo antes do fim de seu contrato, que ia até fevereiro de 1999. Na época, o comentário era de que a multa de rescisão acabou entrando na negociação da multa de Ratinho, que deixou a Record rumo ao SBT no mesmo período.

Na mesma matéria, Eliana revelou que chegou a conversar com a Globo, mas as negociações não avançaram. “Mas eles disseram que a estreia seria em março e eu não queria ficar tanto tempo longe das crianças”, contou. Assim, Eliana fechou mesmo com a Record, e Jackeline Petkovic assumiu o seu lugar, com o programa voltando a se chamar Bom Dia & Cia, em 21 de setembro de 1998. Jackeline, aliás, revelou recentemente que sua chegada ao infantil foi traumática, já que ela gravou piloto quando Eliana ainda estava lá e, por isso, foi rejeitada pela equipe do matinal. 

Já em 12 de outubro de 1998, a Record lançava Eliana & Alegria, e a loira assumia as manhãs da emissora. Inicialmente, Eliana & Alegria seguia os mesmos moldes do Eliana & Cia, com Eliana sem auditório, apresentando quadros didáticos, ensinando experiências, contracenando com bonecos e chamando desenhos animados.

Porém, pouco tempo após a estreia, a direção foi mudando o formato do programa, e Eliana & Alegria passou a ser exibido ao vivo, com a presença de uma pequena plateia de estudantes e realizando brincadeiras com as crianças no estúdio. A nova fórmula, somada à estreia de Pokémon, que se tornou um hit em 1999, fez Eliana & Alegria decolar.

Na Record, Eliana comandou também o Eliana no Parque, Eliana na Fábrica Maluca e Programa Eliana, todos infantis ou infantojuvenis. A partir de 2005, ela trocou de público ao assumir o dominical Tudo É Possível. Quatro anos depois, atendendo ao chamado da casa que a revelou, Eliana retornou ao SBT, onde está até hoje à frente de seu programa dominical.

André Santana 

18/09/2021

Postar um comentário

2 Comentários

  1. Olá, tudo bem? Lembro da estreia da Eliana no Bom Dia e Cia... Eu sou da geração da Mara Maravilha. Rs... Nunca fui telespectador muito assíduo da apresentadora, até mesmo nos dominicais. Abs, Fabio www.blogfabiotv.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fabio! Eu também vi Mara Maravilha, mas nunca fui muito fã dela não... A Eliana, embora eu fosse um tantinho mais velho que o público-alvo dela, eu assistia mais! Não muito, pois eu sempre estudei pela manhã, mas vi muita coisa. Abraço!

      Excluir