Ticker

6/recent/ticker-posts

Publicidade

Caso Sikêra Jr.: por muito menos, RedeTV saiu do ar em 2005

Sikêra Jr., apresentador do Alerta Nacional
Foto: reprodução RedeTV

Nesta semana, repercutiu bastante as infelizes falas de Sikêra Jr., apresentador do programa Alerta Nacional, exibido pela RedeTV. Criticando uma propaganda que mostrava como as crianças encaravam a homoafetividade, o apresentador, entre outros absurdos, chamou homossexuais de “raça desgraçada”. O barulho foi tão grande que marcas que o patrocinam foram pressionadas. Várias deixaram de anunciar no programa, de acordo com o site Notícias da TV.

Foi uma consequência de um fato extremamente lamentável. É triste que, em pleno 2021, ainda existam comunicadores que utilizam um precioso espaço num canal de televisão (que, aliás, é uma concessão pública), para incitar o ódio e proferir barbaridades. Felizmente, a reação foi imediata. Perder patrocínios mostrou que as pessoas não vão mais ficar caladas diante de situações como esta.

Mas ainda é pouco. Vale lembrar que, em 2005, a RedeTV ficou fora do ar um dia inteiro como punição por ter extrapolado os limites. Isso aconteceu quando o programa Tarde Quente, apresentado por João Kléber, apresentava suas “pegadinhas” de gosto duvidoso. Vários destes quadros de “humor” mostrava pessoas em situações caricatas, degradantes, muitas delas envolvendo homossexuais. Em suma, era algo extremamente ofensivo.

Isso provocou um levante de ONG's e do Ministério Público Federal, que consideravam que o programa desrespeitava os direitos humanos. Com isso, a RedeTV foi punida: ficou fora do ar um dia inteiro e, depois, foi obrigada a exibir um programa sobre direitos humanos durante dois meses, no horário em que anteriormente exibia o Tarde Quente. As ONG's envolvidas produziram o programa Direitos de Resposta, que foi veiculado no horário. Isso culminou com o desligamento de João Kléber do canal, onde só retornaria em 2012.

É um caso raro e emblemático no qual grupos ofendidos por um canal de televisão conseguiram fazer valer os seus direitos. Mas, infelizmente, isso já se transformou numa realidade distante. Apesar de as falas de Sikêra terem sido ofensivas e muito agressivas, não houve, até o momento, qualquer ameaça de que ele poderia perder o espaço que ocupa, ou que alguma mudança aconteça.

Houve apenas um tímido comunicado da RedeTV distribuído à imprensa, no qual a emissora diz ser a favor da diversidade, além de lamentar o ocorrido e meio que prometer que Sikêra mudará e não fará mais isso. O comunicado até ressalta o pedido de desculpas do apresentador. Que, vale observar, não se desculpou de nada. Ele disse que se exaltou e pediu desculpas “a quem se ofendeu”, mas logo em seguida disse que mantinha tudo o que tinha dito. Ou seja, isso não foi um pedido de desculpas e ele não aprendeu nada com o que aconteceu.

Resta saber quanto tempo a RedeTV vai resistir a esta debandada de anunciantes. Felizmente, o público tinha uma arma, que era a pressão sobre os anunciantes, que se revelou efetiva. No entanto, ainda é pouco. Discursos como este deveriam ser banidos de uma vez por todas da televisão. Mas, como se trata de um discurso que ainda encontra ecos por aí (principalmente nos que ocupam o poder atualmente), vão tentar “passar pano” e fazer o público esquecer. Não podemos deixar isso acontecer.

André Santana

03/07/2021

Postar um comentário

13 Comentários

  1. Sikera Júnior caiu no meu conceito, infelizmente. Ele incita o ódio e agora sente na pele o ódio que vociferou. Não dura até o fim deste ano e se eu fosse o Amilcare Dallewo demitiria na hora. Já tem meu voto no Santa Clara que vem aí como pior programa de TV.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será que não dura até o fim do ano mesmo?

      Excluir
    2. Kleber, pior que eu acho que ele dura, sim. A tendência é esse fato cair no esquecimento... pena.

      Excluir
  2. Olá, tudo bem? Eu jamais admirei o apresentador Sikêra Jr. Jamais... Passo longe... Abs, Fabio www.blogfabiotv.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, Fabio, correndo o risco de parecer preconceituoso, mas eu não consigo entender alguém que admire este "comunicador"... Abraço!

      Excluir
  3. Esse tipo de programa é a semente que fez brotar a situação que estamos vivendo hoje no Brasil. Foram mais de 30 anos de discursos policialescos "contra tudo que está aí" quando, na verdade, em muitos casos, os apresentadores desse tipo de atração se aproveitaram da popularidade dos seus programas para até mesmo obterem cargos públicos. Então penso que todo castigo para esse lixo de programa é pouco.

    Como você disse, ainda poderia ter muito mais como, por exemplo, a suspensão da concessão da TV, que talvez mostrasse que não estão acima da lei, como pensam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assino embaixo, Alexandre! São crias de programas como este que hoje ocupam o poder e possuem "seguidores" acéfalos...

      Excluir
  4. Por muito menos o William.waack foi demitido. .conheci esse sikera mr através de um programa da igreja da graca ainda o pastor citava que era melhor ter igrejas que barzinhos e forros por perto.....e ele não perdeu todos anunciantes. Contam com a memória curta do povo

    ResponderExcluir
  5. O Sikêra Jr só tá na RedeTV porque o dono é simpatizante do governo, senão já tava fora há muito tempo. Até quando vamos ter que aturar esse senhor sem noção e seus discursos chulos? Enquanto ele tiver holofote, claro, porque a hora que perder o lugar na TV como o também bolsominion Gilberto Barros, aí ninguém vai querer saber desse energúmeno, a não ser a panelinha de otários que diz amém pras falas dele. Vai ficar vivendo de canal no YT e Parler, que pra quem não sabe, é a versão piorada do Twitter com viés bolsonarista. Sikêra já perdeu anunciantes, perdeu Instagram, e na próxima cagada, certamente vai ser demitido ou afastado. Por uma TV com mais respeito à diversidade e menos discursos de ódio. Tamo junto André

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, João Paulo, uma tremenda irresponsabilidade, para dizer o mínimo, manter no ar este senhor que, além de proferir preconceitos, ainda é adepto das fake news...

      Excluir
  6. Sikêra Jr, nunca assisti esse bolsominion nojento e da pior espécie e nem esse programeco que sem sombra de dúvida é mais um programa policialesco como Cidade Alerta (Record) e Brasil Urgente (Band) com o Datena na faixa das 18 horas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não perdeu nada, Denis! Eu já o assisti por dever profissional, infelizmente, mas adoraria "desver"...

      Excluir

Publicidade