terça-feira, 5 de junho de 2018

Análise: sem perspectiva na Globo, Angélica terá que se encaixar num projeto para renovar com o canal

Apresentadora com experiência
procura programa

Como este blog já apontou em algumas oportunidades, todo este silêncio em torno do novo programa de Angélica pode não significar coisa boa. Quando anunciou o fim do Estrelas, no final do ano passado, a emissora avisou que a loira já trabalhava na formatação de uma nova atração, sob o guarda-chuva de Ricardo Waddington. Porém, nunca se falou sobre o tal projeto, mesmo com o Estrelas já fora do ar. Também falou-se que a apresentadora estava cotada para um projeto diário vespertino, algo que ainda parece bem longe do concreto.

Neste contexto, o colunista do UOL Ricardo Feltrin jogou ainda mais desesperança no ar. Em nota publicada ontem, 04, o jornalista afirmou que Angélica entregou projeto de novo programa à equipe do núcleo de Waddington, mas que o conteúdo do projeto foi considerado semelhante a outros programas da Globo e, por isso, seriam pequenas as chances de ele ser aprovado. Além disso, falta espaço na grade: o horário anterior de Angélica, a tarde de sábado, já tem projetos enfileirados. De quebra, o contrato da apresentadora com a emissora está próximo do fim, e até o momento ela não teria sido chamada para tratar da renovação.

Sendo assim, e considerando a atual política de cortes adotada pela Globo, não seria de se estranhar se o contrato de Angélica não fosse renovado. Atualmente, a emissora só segura artistas com projetos engatilhados, e esse, pelo jeito, não é o caso da apresentadora. Pode até ser que a emissora resolva segurá-la por um curto espaço de tempo para estudar novas possibilidades, renovando por um curto período, como fez com Xuxa e Jô Soares após o fim de seus respectivos programas. Porém, em nenhum destes dois casos surgiram projetos, e Xuxa e Jô, como se sabe, não estão mais no canal. E mais: arrisco dizer que, atualmente, a Globo está ainda mais criteriosa quando se trata de renovação e, portanto, acho pouco provável uma renovação se não houver, ao menos, uma fagulha de ideia lançada.

Ou seja, caso o programa de Angélica realmente não seja aprovado, ela só deve ficar na emissora se for encaixada num projeto da própria emissora, que não seja, necessariamente, desenhado para ela. É aí que entraria o tal programa vespertino que o núcleo de Boninho quer emplacar na grade diária do canal. Sabe-se que, por enquanto, é apenas uma ideia, e não tem nem apresentador definido. Poderia ser Angélica. Mas poderia ser também vários outros nomes do canal, em busca de uma colocação. Está aí o time do É de Casa que não me deixa mentir. Em último caso, a apresentadora poderia ser considerada para comandar um possível novo formato enlatado que, vira e mexe, surge na programação. Mas, também neste caso, a Globo dispõe de vários outros nomes na disputa. E, além de apresentadores “encostados”, o canal também dispõe de artistas que podem vir a acumular função, caso de Taís Araújo, alçada a apresentadora do próximo Popstar.

Outra coisa ainda há de ser considerada: a televisão, hoje, vive um momento diferente. Nenhum dos grandes canais parece disposto a investir em programas com a assinatura de seu apresentador. Na Globo mesmo, apenas medalhões como Ana Maria Braga, Fausto Silva, Serginho Groismann ou o próprio “Sr. Angélica”, Luciano Huck, seguem com seu espaço personalizado consolidado. É bem difícil imaginar que a emissora esteja disposta a fazer um “Programa da Angélica”. Por isso mesmo, fica ainda mais forte a impressão de que seu contrato só seria renovado se ela fosse encaixada num projeto, e não o contrário. Aliás, parece bem evidente que o Vídeo Show, que está prestes a passar por sua 329ª reformulação, precisa de alguém com a experiência da apresentadora. Mas preferem apostar em Sophia Abrahão, o que se pode fazer?

Vale lembrar que não seria a primeira vez que Angélica renovaria com o canal para assumir um programa que não necessariamente tenha sido pensado para ela. No final de 2001, com o fim do Bambuluá, especulou-se que a loira não continuaria na casa, já que não havia um novo projeto para ela. Ao mesmo tempo, a equipe do Vídeo Show formulava o quadro Vídeo Game, e nomes como Miguel Falabella, Susana Werner e Ivete Sangalo foram cotados para a apresentação. Mas a direção do programa acabou convidando Angélica, que aceitou e renovou seu acordo com a emissora, a princípio por apenas três meses. Foi o sucesso do Vídeo Game que fez com que Angélica se firmasse no canal, apresentando posteriormente o Fama e o Estrelas.

André Santana

6 comentários:

  1. Globo, sério, entregue o Vídeo Show pra essa mulher! Nunca te pedi nada...
    Se bem que seria uma boa o SBT contratá-la para uma revista eletrônica diária vespertina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não vejo o SBT querendo fazer revista eletrônica. Mas a aquisição de Angélica seria uma boa tacada para qualquer emissora, já que ela é muito versátil e poderia fazer o que vier.

      Excluir
  2. Poderiam muito bem ter dado a apresentacao do Pop Stars a Angélica ,ao invés de lançar mais uma nova apresentadora e depois não ter mais espaço para as antigas da casa
    A Globo tem muita apresentadora sem espaço ,deveria deixar os atores nas nas novelas e seriados mesmo
    Outra pergunta se a Angélica com tantos anos de rede globo ,querida pelo público e por diretores globais não está sendo fácil se manter na emissora que dura a Galisteu , apresentadora que gosto muito tb por sinal ,mais sabemos que a Globo e bem rígida ao dar um programa a alguém ,ela deverá ficar no niclnú de novelas o que é uma pena infelizmente
    E Angélica estamos na torcida ,se não for na Globo ,que seja em outra rede

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que a Angélica seria uma apresentadora e tanto para o Popstar. Amo Taís Araújo, mas ela é atriz. O canal tem essa mania de botar ator pra apresentar e deixar apresentador encostado. Pena.

      Excluir
  3. Tô sabendo que o mala e costas quentes com diretores Otaviano vai deixar o vídeo show e ter um programa solo ( padrão de qualidade globo indo pro ralo )
    Tô achando que essa mudança do vídeo show depois da copa tem a haver com a chegada da Angélica ,já que a loira tem amizade com o Boninho e seria a melhor ideia da Globo ,Angélica merece é muito está no ar e salvar esse programa que vem de mal a pior

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Achei difícil de digerir essa "promoção" do Otaviano, quando há tão pouco espaço na grade da Globo, o que ameaçava até a permanência de Angélica no canal. Mas se ela for pro Vídeo Show, teria que ser em meio a uma reformulação total. Apenas trocar Otaviano por Angélica não resolveria nada (embora ela seja muito melhor que ele).

      Excluir