quinta-feira, 24 de agosto de 2017

"Chaves" completa 33 anos de exibição no Brasil

Ele é pobre, vive em um barril (ou seria no misterioso apartamento número 8?) e tem vizinhos que poderiam ser os meus e os seus, que vivem numa vila cujo proprietário costuma ir pessoalmente cobrar o aluguel. Ele é o menino Chaves, protagonista da série que leva seu nome. Com um humor simples e cativante, a genial criação de Roberto Gomez Bolaños, completa hoje, 24, nada menos que 33 anos no Brasil.

O primeiro episódio de Chaves exibido no Brasil foi “O Caçador de Lagartixas”, mostrado dentro do infantil TV Powww!, programa que tinha como principal atração um game interativo, no qual as crianças ligavam e participavam gritando “powww!” para fazer disparar um comando de um jogo eletrônico. Já Chapolin, segundo consta, estreou três dias antes, no mesmo programa.

Chaves e Chapolin vieram como parte de um imenso pacote de programas da mexicana Televisa adquiridos pelo SBT. O principal interesse de Silvio Santos era as novelas, que faziam muito sucesso pela América Latina e eram baratas. Mas a série de Bolaños veio no pacote, e o dono do SBT mandou dublar. Na época, os programas enlatados exibidos pelo SBT, como séries americanas, filmes e desenhos, eram dublados nos próprios estúdios da então TVS, sob responsabilidade da Maga. O ator Marcelo Gastaldi, a “voz” de Chaves e Chapolin, era também o diretor de dublagem.

Há quem diga que os diretores do SBT torceram o nariz para a exibição de Chaves, mas a ideia foi bancada por Silvio Santos. Já outros dizem que nem Silvio Santos gostou da atração, e só colocou no ar porque o contrato com a Televisa obrigava a exibição. Seja como for, fato é que as duas séries, em pouco tempo, conquistaram uma audiência cativa, e logo deixaram a programação da TV Powww! para se tornarem programas próprios.

De lá para cá, as duas séries fizeram história, chegaram a ser exibidas em horário nobre, e conquistaram uma plateia cativa sobretudo na década de 1990, quando se fixou no horário do almoço. Em 2000, infelizmente, a emissora optou por cancelar a exibição de Chapolin que, depois disso, voltaria ao ar esporadicamente, e em curtas temporadas. Já Chaves se tornou o curinga da emissora, sendo exibido sempre nos horários com problemas de audiência, com a clara missão de fazer o Ibope subir. Nos últimos anos, a série era exibida na faixa das 18 horas, mas, meses atrás, teve sua exibição diária suspensa. Porém, segue sendo exibida aos sábados, às 6h, e aos domingos, numa maratona entre 9h e 11h. Mas é bem possível que Chaves volte à programação diária. Afinal, ele sempre volta!

O TELE-VISÃO virou livro! Compre agora! CLIQUE AQUI: http://bit.ly/2aaDH4h


André Santana

4 comentários:

  1. Sonho com Chaves e Chapolin de volta ao horário do almoço!

    ResponderExcluir
  2. Aqui na minha cidade passa o sinal do SBT Jaú SP e o chaves é exibido das 13 as 14 horas !depois retorna o Bom dia CIA ( ou seria boa tarde e CIA kkkk)
    Chaves marcou a infância de muitos o meu carinho é enorme pra essa série

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal, Caio! A cabeça de rede poderia seguir o exemplo do SBT Jaú, hehehe!

      Excluir