sábado, 13 de fevereiro de 2021

Sem ter para onde correr, SBT aposta em franquias do "Fofocalizando"

Com a vacinação contra a covid-19 ainda engatinhando, o SBT se mantém sem maiores trabalhos. Seus apresentadores do grupo de risco, como Carlos Alberto de Nóbrega, Raul Gil e o próprio Silvio Santos, aguardam o avanço da vacinação para poderem voltar ao trabalho. Assim como o setor de novelas, também em compasso de espera. Por isso, o canal segue parado.

Só não está 100% parado porque Silvio Santos elegeu a produção do Fofocalizando o seu brinquedo preferido em 2020, e segue apostando nele em 2021. Após idas e vindas de nomes, formatos e apresentadores, Silvio Santos acabou criando uma verdadeira franquia, que já conta com três programas na grade. Com isso, cria a falsa sensação de que está fazendo coisas distintas, quando na verdade é mais do mesmo.

Fofocalizando virou Triturando no ano passado. Tentando aumentar os índices de audiência da atração, a emissora transformou um dos quadros do programa de fofocas num programa independente. Neste contexto, também trocou o comando do programa, dispensando Leão Lobo, Lívia Andrade e Mamma Bruschetta, e “convocando” Flor e Ana Paula Renault.

Porém, por um dia, a emissora testou transformar outro quadro do Fofocalizando em programa, o Notícias Impressionantes. Mas a substituição de Triturando pelo Notícias Impressionantes na grade diária durou apenas um dia. O Triturando retornou, mas o Notícias Impressionantes ganhou sobrevida nas madrugadas e manhãs de domingo, onde está até hoje.

E, nesta semana, o Fofocalizando retornou. Chris Flores, Gabriel Cartolano, Flor e Ana Paula Renault pararam de triturar coisas para voltar a comentar sobre a vida alheia. Mas a emissora avisou: Triturando não acabou. O programa que gasta o arsenal de títulos com gerúndio do SBT seguirá aos sábados, após o Raul Gil, onde está desde que o Programa da Maisa chegou ao fim.

Ou seja, esta pausa do Fofocalizando serviu para a criação de dois “filhotes”, que seguem na grade mesmo com a volta do programa de fofoca. No fundo, é o mesmo programa, apenas com temáticas distintas. É a mesma equipe que produz todo este conteúdo. Ou seja, a turma que faz o Fofocalizando é uma das poucas equipes do SBT que se mantém a todo o vapor e coloca algum conteúdo inédito na grade da emissora.

Sim, é compreensível a dificuldade do SBT de produzir no meio da pandemia. Mas é triste notar que uma das maiores emissoras do país não consegue produzir nada além de Fofocalizando e seus derivados. O jeito é torcer para que a vacinação avance, nos proteja e, ainda, ofereça condições ao SBT de voltar a produzir.

André Santana


2 comentários:

  1. Olá, tudo bem? Comentarei neste fim de semana sobre o "retorno" do Fofocalizando no meu blog... Abs, Fabio www.blogfabiotv.blogspot.com.br

    ResponderExcluir