sábado, 27 de fevereiro de 2021

Matinal com Patrícia Abravanel tem cheiro de fiasco

O SBT sempre teve planos de investir num matinal de variedades, reivindicação antiga do departamento comercial da emissora. Uma ideia que faz sentido neste ponto de vista, comercial, já que o formato costuma atrair anunciantes e trazer dinheiro ao caixa da emissora, coisa que o Bom Dia & Cia não traz. Mas o projeto sempre esbarrou justamente na tradição do canal de exibir desenhos, que não lucra, porém tem boa audiência.

Provavelmente, a atual crise fez Silvio Santos mudar de ideia e aprovar o projeto de Vem pra Cá, revista eletrônica que deve estrear em março na emissora. Mas o dono do canal vetou as contratações de Ticiana Villas Boas e Ivan Moré, apresentadores que gravaram o piloto, e escalou Patrícia Abravanel e Gabriel Cartolano para a missão. A substituição é uma medida de economia, já que Patrícia e Gabriel já são contratados do canal, e a filha número pim está atualmente sem projeto.

Toda esta movimentação faz com que Vem pra Cá já nasça com jeitão de fiasco. Só o fato de o SBT investir numa revista eletrônica já é algo a se contestar, tendo em vista que não é o tipo de atração que o público da emissora quer. Tentativas já foram feitas, com o Falando Francamente e o Olha Você, que não emplacaram. Este último, aliás, foi um grande fiasco.

Ou seja, mesmo que seja algo muito bem produzido, são grandes as chances de o programa não conquistar uma boa audiência e derrubar os números do SBT em seu horário de exibição. E a coisa pode piorar se levarmos em consideração que Patrícia Abravanel não tem qualquer experiência num programa ao vivo nestes moldes. Pode causar uma estranheza muito grande.

Ticiana Villas Boas parecia uma aposta mais segura. Não apenas porque ela tem experiência no ao vivo, já que veio do jornalismo, mas também porque a apresentadora, por razões óbvias, já vem com anunciantes de peso garantidos. Ou seja, se a ideia era faturar, Ticiana seria uma excelente solução. Vamos ver o que acontece.

André Santana


2 comentários:

  1. As duas apresentadoras citadas não são as escolhas mais simpáticas, pra dizer o mínimo do que eu penso...Mas concordo que a Ticiana teria esse potencial de venda maior e poderia ser uma ajuda.

    O problema dessa fórmula de programa é que ela também já está bem batida, desde o começo do Hoje em Dia e, além disso, o SBT sempre se deu relativamente bem com a exibição de desenhos.

    Acho até que a programação do canal precisaria de um frescor realmente, exibir aquela porcaria de Primeiro Impacto por tanto tempo é lamentável e um programa mais leve não é de todo ruim, mas a ideia de atração e o estilo do público do SBT faz com que tenha cheiro de fiasco mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, Alexandre. Não sou muito fã da Ticiana também, mas ao menos a considero mais experiente para uma missão assim. Além, claro, da vantagem comercial, né? Sei não, posso estar errado, mas esse Vem pra Cá me parece daquelas experiências do SBT que traçam e dificilmente atravessam o mês. Espero estar errado.

      Excluir