sexta-feira, 10 de abril de 2020

Afastamento de Marcão do Povo era tragédia anunciada


Nesta semana, o noticiário televisivo foi tomado pela péssima repercussão do péssimo discurso de Marcão do Povo, que defendeu a “criação de campos de concentração para reunir doentes de covid-19” enquanto apresentava o Primeiro Impacto, do SBT. Obviamente, esta ideia pavorosa pegou muito, mas muito mal, e a direção do SBT, acertadamente, afastou o apresentador do comando do Primeiro Impacto, telejornal que ele divide com Dudu Camargo e Márcia Dantas.

Trata-se de uma tragédia anunciada. Desde que o SBT optou por enxugar seu jornalismo sério e responsável para dar espaço ao Primeiro Impacto, a emissora estava fadada a encarar maus momentos. Afinal, tanto Dudu quanto Marcão sempre foram figuras controversas, que costumam fazer declarações e atitudes que não condizem com a postura de âncoras de jornal. Porém, inexplicavelmente, os dois parecem ter caído nas graças de Silvio Santos, que pareceu sempre fazer vista grossa ao comportamento de ambos.

Desta vez, e felizmente, não houve colher de chá. E é bom que seja assim. É preciso muita, mas muita responsabilidade ao emitir opiniões num programa exibido em rede nacional. Não se defende a censura, obviamente, mas sim o bom senso.

Mas isso apenas reforça o quanto o SBT mandou mal ao fazer do Primeiro Impacto um interminável programa de mais de seis horas de duração. Para um canal que já teve Joyce Ribeiro, Karyn Bravo e Hermanno Henning, a emissora devia honrar esta história. E fazer um jornalismo minimamente mais responsável.

Mas, infelizmente, a perspectiva é que nada saia do lugar. O mais provável é que Marcão do Povo retorne daqui uns dias, como se nada tivesse acontecido, e siga fazendo declarações cada vez mais tristes. Do jeito que está, até as dancinhas de Dudu Camargo são mais interessantes e menos deploráveis. Vamos mal.

André Santana

4 comentários:

  1. A contratação de Marcão do Povo por Silvio Santos já foi por si só equivocada, visto o episódio racista contra a cantora Ludmilla, que resultou na sua demissão. Esse homem é uma vergonha para o telejornalismo, vide Dudu Camargo. Como bem disse o André, ele deve voltar como se nada tivesse acontecido até cometer outra atrocidade. Uma lástima!

    ResponderExcluir
  2. O Mister Ed resumiu bem acima; esse sujeito já deveria estar preso, nem merece muito comentário a respeito dele. E tão errado quando ele é quem o contrata e quem dá espaço para esse tipo de programa lastimável.

    ResponderExcluir