sábado, 8 de fevereiro de 2020

Contrariando expectativas, Globo acerta com "BBB 20"

"Tá melhor que o playstation!"
Desde o final do ano passado, corriam boatos de que a Globo estava convidado digital influencers para participar do Big Brother Brasil. Aí, não faltaram críticas. Afinal, o diagnóstico do fracasso do BBB 19 apontava justamente a falta de participantes realmente interessados em se expor. O que se viu no ano passado foram pessoas evitando polêmicas, na tentativa de conquistarem seguidores e se tornarem influencers. Ou seja, se aspirantes a influencer já minaram a dinâmica, imagina o que aconteceria com influencers de verdade, que teriam muito a perder? Eles se deixariam expor, correndo o risco de perderem seus seguidores?

Entretanto, até aqui, a coisa tem acontecido. O BBB 20 estreou com influencers, sim, mas também outros tipos de “famoso”, como o ator Babu Santana e o surfista Lucas Chumbo. Eles, ao lado de gente famosa no YouTube e no Instagram, como Pyong Lee e Bianca Boca Rosa, formaram o time “camarote”, ou seja, o lado dos convidados do BBB. Do outro lado, seguiram os participantes “tradicionais”, que passaram pela peneira da atração, chamados de “pipoca”. Os times entraram em cena separados por um muro e não concorreram um com o outro na primeira semana, numa tentativa de nivelar o, digamos, “grau de fama”, dos participantes.

E assim, a estranha mistura que tinha tudo para dar errado, surpreendentemente deu certo! O time vem rendendo situações que fizeram o BBB 20 empolgar logo de cara. A união de homens da casa, num time formado por Petrix, Hadson, Lucas, Felipe e Guilherme, fez com que planos mirabolantes fossem armados, como se não existissem câmeras na casa. Bolaram de fazer um teste de fidelidade, na tentativa de “queimar” as moças comprometidas junto ao público. Erraram feio. O time ganhou a antipatia do público, que respondeu eliminando Petrix com votação expressiva já no segundo paredão.

A descoberta do plano fez a casa se dividir. De um lado, as mulheres e seus simpatizantes, liderados pela sensata Marcela. Do outro, um time de machistas que passou a negar que este plano existiu. Isso despertou a dúvida de muitos lá dentro. Mas o time não contava que mais dois participantes, da casa de vidro, entrariam na casa e trariam mais informação de fora, confirmando aos competidores que o público simpatizava com as moças e condenava o plano dos meninos. Ou seja, o BBB traiu uma de suas regras, o de não utilizar informação de fora, para fazer a casa ficar ainda mais agitada. Ou, como Tiago Leifert gosta de dizer, de jogar “fogo no parquinho”.

O sucesso do BBB 20 até aqui tem a ver com o que este blog sempre diz: é um bom elenco que faz o sucesso de um reality de confinamento. E, para isso, não há uma regra muito clara. No ano passado, houve a ideia de misturar conservadores e “liberais”, e eles ficaram amigos, ao invés de brigar. Já neste ano, a mistura deu certo, e a rotina da casa passou a ser narrada como um folhetim, com heróis e vilões digladiando. Porém, como as coisas têm acontecido meio rápido, fica a dúvida sobre até quando esta tensão se sustentará. Mas, por enquanto, a atual edição está mexendo com o público. Funcionou.

O mais interessante é que o BBB tem sabido fazer uma narrativa envolvente baseado em questões muito atuais. Quando os “vilões” fizeram uso de seu machismo para agir, deu-se início a uma discussão bem interessante. O BBB, sempre acusado de ser fútil, conseguiu pautar um bom debate sobre assuntos urgentes, como sexismo, misoginia e assédio, junto aos espectadores. Quem diria, hein?

Vamos ver agora se os conflitos vão durar ou se transformar. Já há uma torcida crescente a favor de Hadson, que vem posando como o arrependido que foi isolado pela casa. Anteriormente apontado como um dos vilões, Hadson pode gerar um plot twist digno de um novelão. Será que as meninas e seus simpatizantes conseguirão manter a união? São questões que mostram que o atual BBB realmente “pegou”.

André Santana

4 comentários:

  1. Olá, tudo bem? A Casa de Vidro pode ter estragado o futuro do reality. Veremos.....Abs, Fabio www.blogfabiotv.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fabio! Não achei que a casa de vidro estragou, não. Pelo contrário, achei que injetou mais ação... o programa segue interessante. Abraço!

      Excluir
  2. https://gibrealityalternativo.blogspot.com/?m=1

    ResponderExcluir