sexta-feira, 26 de julho de 2019

Gazeta se queima ao dar passo maior que a perna

"Próxima parada: Rede Brasil!"

Nesta semana, a Gazeta exibiu sua programação como há conhecíamos há alguns meses: Revista da Cidade, Você Bonita, Cozinha Amiga e Mulheres. A emissora retomou sua grade anterior, depois de fazer uma profunda reformulação para realocar o Todo Seu nas tardes e lançar o novo De A a Zuca. A “brincadeira” durou pouco e culminou com a saída de Celso Zucatelli e Ronnie Von do canal.

O caso mais surpreendente é o de Ronnie Von, que comandava o Todo Seu há nada menos do que 15 anos. A atração estreou nas manhãs da emissora, mas fez sucesso mesmo quando passou para a faixa noturna. Ali, ganhou prestígio e se tornou sinônimo de programa de bom gosto, apostando em boas entrevistas e musicais de qualidade. Porém, mesmo sendo um exemplo de programa bem-sucedido, Todo Seu esteve no cadafalso em vários momentos.

Não faz muito tempo que o Todo Seu foi ameaçado de extinção. Conseguiu uma sobrevida, mas não conseguiu escapar de uma mudança de horário que colocou tudo a perder. Escondido nas tardes do canal, Todo Seu perdeu prestígio. Com isso, não teve forças para se sustentar por ali, e o inevitável aconteceu. Assim, a impressão que ficou é a de que a Gazeta mudou o horário do programa apenas para cozinhá-lo mesmo, criando uma justificativa para cancelá-lo. Deu no que deu.

Enquanto isso, Celso Zucatelli ainda não conseguiu sair de sua fase pé-frio. Depois de ver seu Fala Zuca durar poucos dias na grade da RedeTV, o jornalista agora viu sua nova aposta também sair do ar após pouco tempo de vida. Zuca caiu nas graças da direção da Gazeta ao cobrir férias justamente de Ronnie Von. O bom desempenho dele à frente do Todo Seu o levou a conquistar uma atração própria, o De A a Zuca. Mas não deu certo e o apresentador já está no mercado novamente.

Na verdade, o maior erro da Gazeta foi insistir numa sequência de programas exatamente iguais uns aos outros. Revista da Cidade, De A a Zuca, Todo Seu e Mulheres formavam uma megamaratona de pautas semelhantes, como saúde, comportamento, gastronomia, celebridades, prestação de serviço... Ou seja, mudava cenário e apresentador, mas o conteúdo seguia muito parecido. E se levarmos em consideração que cada programa tinha sua equipe, com seu diretor, seu cenário e seu apresentador, fica evidente que a Gazeta tinha um alto custo operacional para fazer exatamente o mesmo programa quatro vezes por dia. Como ser sustentável assim? A emissora tem sérias dificuldades em lançar formatos que fujam do clássico programa dito “feminino”. Pena.

André Santana

6 comentários:

  1. Às vezes fico pensando se falta tanto dinheiro assim para a Gazeta colocar um jornal ou um programa de debate, ou mesmo algum programa de esporte na hora do almoço (como era até nos anos 90), para quebrar essa sequência de programas idênticos, ou falta mesmo é competência para enxergarem o óbvio.
    Sobre o Todo Seu, concordo com você, parece que já queriam queimar a algum tempo, quando colocaram aquela grade de programas noturnos e diminuíram a duração da atração, lembra?; a ideia de colocar outros programas não era ruim, mas ao invés de tirarem a IURD, cortaram o programa do Ronnie. No fim, ficaram sem nada.
    Eu vi um dia esse programa do Zucatelli, era menos ruim do que aquele que ele fez por uma semana na Rede TV!, mas é isso, parecia mais do mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Creio que a Gazeta prefere esse formato porque é o mais fácil para vender merchandising. Esses testemunhais com os apresentadores rendem mais dinheiro do que o anúncio nos intervalos, e é isso que garante a sobrevivência da emissora, infelizmente. Como jornal, debate ou esportivo não tem essa opção, eles não investem em outros formatos. Mas é uma pena, claro!

      Excluir
  2. Eae André. O programa do Ronnie às tardes ficou estranho sendo que ele mesmo quem pediu para mudar de horário. Uma pena abortarem o projeto. Já no caso do Zucatelli, foi azar mesmo porque o programa não parecia ruim. Naquele horário, seria interessante algo focando no jornalismo, né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre achei que esse negócio do Ronnie ter pedido pra mudar conversa pra boi dormir. Nenhum apresentador que se preze gosta de mexer em time que está ganhando, e ele estava muito bem à noite.

      Excluir
  3. Concordo com todos os comentários a cerca da estratégia pífia de colocar tantos programas parecidos no ar. A emissora podia voltar a apostar em jornalismo e programas esportivos, os quais sempre fez com dignidade. Uma pena o Todo Seu ser limado do ar, podiam ao menos torná-lo semanal, somente às segundas, por exemplo. Lembro-me da época em que não desgrudava do Clube do Hugo ou do Clipper, programas que certamente não teriam mais espaço por conta dos gadgets, streamings, etc.

    ResponderExcluir