terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

Band resgata o título "Melhor da Tarde" em programa de Cátia Fonseca


A preparação para a estreia do novo programa de Cátia Fonseca na Band já está a todo vapor. O novo vespertino, que deve estrear em 1º de março, será exibido das 14h às 16h e trará, basicamente, as mesmas atrações que Cátia exibia no Mulheres, da Gazeta, e resgatará um título que a Band já usou na década passada: Melhor da Tarde.

Melhor da Tarde era o nome do programa vespertino apresentado por Astrid Fontenelle, Leão Lobo e Aparecida Liberato, e que ficou no ar entre 2001 e 2005. A atração foi idealizada por Rogério Gallo, então diretor artístico da emissora, inspirado justamente no Mulheres, que na época era apresentado por Márcia Goldschimidt e Leão Lobo. O diretor contratou a dupla com a intenção de repeti-la na Band, mas depois optou por deslocar Márcia para o telebarraco Hora da Verdade, e escalou Astrid e Aparecida para o vespertino.

No programa, Astrid Fontenelle assumia o papel de âncora, tratando de pautas diversas e fazendo a ponte para o jornalismo. Já Leão Lobo fazia o noticiário de celebridades, enquanto Aparecida falava de numerologia e outros assuntos esotéricos. Tempos depois, Aparecida deixou o programa, que ficou nas mãos de Astrid e Leão até 2004, quando este último ganhou seu próprio programa, De Olho nas Estrelas. Astrid, então seguiu sozinha na atração até o início de 2005, quando foi substituída por Leonor Correia. Com a irmã de Faustão, Melhor da Tarde ficou pouco tempo no ar, sendo substituído pelo Pra Valer, com Claudete Troiano, no final daquele mesmo ano.

Depois disso, em vários momentos a Band cogitou trazer o Melhor da Tarde de volta, pois necessitava de um produto barato e que tivesse um bom retorno comercial. Pelo que se vê, o canal esperava, apenas, a chegada de uma âncora com bom apelo comercial, que se concretizou com a contratação de Cátia Fonseca. Trata-se de um bom momento para o resgate, afinal, as tardes da emissora estão mortas há muitos anos.

E vale lembrar que o canal também prepara um novo programa feminino matinal. Elaborado com a participação de Ana Paula Padrão, baseado num empreendimento da jornalista, o programa Superpoderosas será apresentado por Natália Leite e irá ao ar das 9h30 às 11h. A estreia está prevista para abril.

André Santana

6 comentários:

  1. A Bandeirantes é engraçada; passa anos sem grandes novidades nas manhãs e nas tardes. Aí resolve estrear dois programas mais femininos ao mesmo tempo; tudo bem que o da manhã é terceirizado e deve ter algumas diferenças do programa da Cátia, que parece ser semelhante ao que já existe por aí. Mas não deixa de ser estranho e meio repetitivo como estratégia de grade, mais ou menos o que já acontece na Gazeta, que parece apresentar basicamente o mesmo programa da manhã até a tarde. Vamos ver se dá certo, mas pensaria em algo mais jornalístico no horário da manhã, até para fazer um contraponto com a Record e a Rede TV!

    A Cátia é bonita e simpática, apesar de ter um tom de voz meio estranho às vezes. Vamos ver se consegue durar na Bandeirantes, coisa que poucos conseguiram fazer, ainda mais nesse horário.

    ResponderExcluir
  2. Apesar do dinheiro que entra no caixa, penso que o grande erro da grade da Band é o espaço vendido pra igreja em pleno horário nobre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, trava boa parte da audiência do canal e passa uma imagem péssima para o mercado, lamentável mesmo. Mas pelo visto não podem (ou não querem) abrir mão do $.

      Excluir
    2. Sem dúvida nenhuma, a igreja no horário nobre é o que impede a Band de voos maiores. Mas ao menos, hoje, estão investindo nos demais horários, coisa que não fazia há tempos.

      Excluir
  3. Bom só espero que a Band não faça o mesmo que fez com o Melhor Da Tarde dos anos 2000(o que é impossível)
    A atração começava as 13 horas para são Paulo ,tinha entrevistas ,musicais etc quando a atração entrava em rede as 15 horas era só recadinho ,mais recadinho ,geralmente três na sequência na cara dura mesmo rs
    Provavelmente isso vai acontecer ,tenho certeza que hoje com a redes sociais o público que acompanhará na rede não aceitará isso
    Torço pela apresentadora ,apesar que já foi melhor ,porém a Band é uma caixinha de surpresas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho um erro esse lance de dividir o programa metade SP e metade Brasil, justamente por causa do antigo Melhor da Tarde. E vale lembrar que, quando estreou, o Melhor da Tarde tinha quatro horas, duas locais e duas nacionais, e aí o conteúdo era mais bem distribuído. Mas pouco tempo depois, eles foram reduzindo o tempo para aumentar o Hora da Verdade, e aí o Melhor da Tarde Brasil era uma fofoca, sete merchans, um intervalo, uma fofoca e acabou o programa. Seria melhor se a Cátia ficasse do ar das 15h às 17h, todo nacional, já que Os Donos da Bola vai bem em seu horário atual, e o Brasil Urgente não precisa começar às 16h.

      Excluir