quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Demitido do SBT, Moacyr Franco fará muita falta

Acumulando trabalhos seguidos no SBT desde 1997, quando retornou à telinha no comando do Concurso de Paródias, Moacyr Franco é, inegavelmente, um showman. Ótimo apresentador, roteirista de mão cheia, comediante da melhor qualidade, o artista mantinha, nos últimos anos, um espaço fixo em A Praça É Nossa. Muito pouco diante do imenso talento dele, é verdade.

Afinal, Moacyr Franco sempre fez muito bem feito tudo aquilo que se propôs a fazer no canal de Silvio Santos. À frente do Concurso de Paródias e do Pequenos Brilhantes, divertia sua plateia como ninguém. Roteirizando e coprotagonizando os humorísticos Ô Coitado e Meu Cunhado, também mostrou o seu valor. Prova disso é que a sitcom de Gorete Milagres foi ladeira abaixo quando Moacyr, que vivia o cantor decadente Steve Formoso, deixou a produção.

Com Meu Cunhado, fez novamente sucesso. E, desta vez, ao lado do genial Ronald Golias, um ícone que precisava de mais espaço do que aquele que ocupava em A Praça É Nossa. Juntos, os dois brilharam. Inexplicavelmente, Silvio Santos esperou mais de três anos para colocar o humorístico no ar. Foi um sucesso instantâneo quando estreou. Vai entender...

Em A Praça É Nossa, Moacyr Franco emplacou o Jeca Gay, um tipo bastante divertido, que mesclava malícia e ingenuidade. Uma das melhores fases do personagem foi na época em que ele ditava uma carta direcionada ao Presidente da República para que Carlos Alberto escrevesse. As cartas ao “Luizinho” eram sempre engraçadíssimas.

Nos últimos anos, Moacyr também apresentou outros tipos em A Praça É Nossa. O artista também batia ponto no Programa Raul Gil, onde atuava como jurado de concurso de calouros. Mas, agora, segundo vários sites, o artista foi demitido do SBT. Ele, que ocupava um espaço muito menor do que merecia, agora não tem mais espaço no canal de Silvio Santos. O mesmo canal que, neste ano, dispensou outro veterano da melhor qualidade, Hermano Henning. É lamentável. Mas, infelizmente, nada surpreendente.

O TELE-VISÃO virou livro! Compre agora! CLIQUE AQUI: http://bit.ly/2aaDH4h


André Santana

4 comentários:

  1. Alem de tudo que escreveu, eh bom registrar tambem que Moacyr Franco ja faz parte da historia da tv brasileira antes mesmo do seu periodo no SBT , ele ajudou a construir a nossa tv, tendo oassagem na TV Rio, se mostrou o verdadeiro showman que eh na Globo, alem de uma passagem rapida na Band. Com todo respeito ao seu periodo no SBT, sempre achei que ele foi subaproveitado, A Praca e Nossa era pouco pro talento dele. Na teledramaturgia sim, mas nos ultimos anos na Praca era um desperdicio de talento

    ResponderExcluir
  2. Moacyr Franco provou porque não pode ser desprezado ao afirmar com toda sinceridade que recebia "apenas" 40 mil reais de salário que pra ele é insignificante, mas que a maioria dos brasileiros não ganha nem 1% do que ele ganhava. Infelizmente temo pelo futuro do SBT no dia que o Silvio Santos nos deixar e suas filhas assumirem será um Deus nos acuda.

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Boa lembrança sobre a Mariana Kupfer.... Aliás, por onde anda a ex-apresentadora???? Sobre o Moacyr Franco: não gostava do Meu Cunhado.... E isso faz tempo hein....Abs, Fabio www.tvfabio.zip.net

    ResponderExcluir
  4. O mais engraçado é que quando a Rede Globo tira do ar algum humorista ou apresentador de idade do ar o senhor Carlos Alberto já saí falando mal da emissora carioca ,agora qdo é do SBT ele se limita e não detona !
    Muitos dizem que Jô Soares está triste em estar fora do ar ,de fato é uma pena ,poderia ser semanal de domingo na faixa das 23 horas por exemplo porém qdo a globo sugeriu esse ano de contrato porém fora do ar o jo soares estaria ciente disso !

    ResponderExcluir