sexta-feira, 22 de setembro de 2017

"Turma da Mônica" volta à TV aberta! Viva!

O TELE-VISÃO sempre vai bater na tecla do investimento em animações nacionais. Há muita coisa boa sendo produzida e, felizmente, hoje há vários canais, principalmente na TV paga, abrindo espaço para elas. Neste cenário muito mais convidativo do que há 10 anos, sempre pareceu absurdo os desenhos da Turma da Mônica estarem de fora da TV aberta. Há anos no Cartoon Network, as aventuras da turminha criada por Maurício de Sousa estavam longe dos espectadores dos canais abertos desde o fim da exibição da série nas manhãs de sábado da Globo, há três anos.

Turma da Mônica teve duas passagens pela TV aberta, e as duas foram marcadas por muitas promessas e pouca ação. Na primeira delas, em 1999, uma série com episódios de 1 minuto foram ao ar no Angel Mix e, em 2000, uma nova série com episódios de dois minutos e quadros com bonecos do Penadinho e Jotalhão foram ao ar em Bambuluá. A promessa era um programa de meia hora com a turminha, que nunca se concretizou. Alguma coisa deve ter pego nas relações entre a Globo e Mauricio de Sousa, já que o acordo acabou rompido ainda antes do fim. Em 2004, o desenho voltou à TV, mas no Cartoon Network, que passou a exibir Turma da Mônica nas manhãs de domingo.

Assim, entre 2004 e 2010, Turma da Mônica ganhava novas séries animadas, com episódios de sete minutos, que eram exibidos no Cartoon e exportadas para vários países. Estranhamente, não encontrava espaço na TV aberta de seu país de origem, algo muito bizarro. Até que, em 2010, Turma da Mônica voltou a ser exibida pela Globo, numa faixa de 15 minutos nas manhãs de sábado. Além disso, os personagens de Maurício protagonizaram vários especiais, que foram exibidos em datas comemorativas, como o Natal, o Dia das Crianças e o Hallowen. Ficou na promessa uma série em computação gráfica do Penadinho e outra da Turma da Mônica Jovem. Turma da Mônica saiu da grade da Globo em 2014.

Mas, agora, felizmente, a coisa andou novamente, e a Turma da Mônica já tem data para voltar à TV aberta. Desta vez, a série animada de Mauricio de Sousa será exibida pela TV Cultura. A novidade foi anunciada na manhã da última terça-feira, 19, em evento realizado na sede da Fundação Padre Anchieta para imprensa, influenciadores e licenciados. A estreia será no dia 9 de outubro, como parte das comemorações da Semana da Criança. A TV Cultura promete exibir blocos de 15 minutos da Turma da Mônica diariamente, além de estrear a série Mônica Toy na televisão. Criada para a internet, Mônica Toy traz pequenas e divertidas histórias de 30 segundos. A Cultura também anunciou a exibição dos especiais As Doze Badaladas dos Sinos de Natal, Bruxarias de Aniversário, Feliz Natal para Todos, Um Plano Para Salvar o Planeta e Véspera de Natal.

Sem dúvidas, uma excelente notícia, e todos ganham com isso. Ganha o público, que voltará a ver a Turma da Mônica na TV aberta, e com um espaço bem maior. E ganha a TV Cultura, que ampliará as opções de sua programação infantil. Sabendo que a Cultura é a única emissora aberta a ter um amplo espaço de atrações para crianças, nada melhor do que ter, nesta cartela, uma animação nacional de qualidade e com personagens tipicamente brasileiros. Que seja uma parceria duradoura e feliz!

O TELE-VISÃO virou livro! Compre agora! CLIQUE AQUI: http://bit.ly/2aaDH4h


André Santana

4 comentários:

  1. Triste ver as emissoras desistirem de desenhos e infantis e se dedicarem ao sensacionalismo ,vendas de igrejas ,caça níquel etc
    Ainda bem que fui dos anos 90 e como tinha opção de programas infantis e desenhos o dia todo
    Eu não entendo que existem uns 10 canais fechado de infantis e todos com boa audiência e só a tv aberta desistiu ?
    A rede globo deveria ter mantido ao menos a tv de Globinho de sábado das 9 as 12 poxaa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infantis não dão retorno financeiro, Caio! Hoje em dia, há muitas restrições à publicidade infantil, e isso "matou" os programas infantis. Na Cultura eles ainda existem porque o canal é estatal, e não comercial. Já o SBT consegue mantê-los porque abriu o leque para comerciais voltados à família nos intervalos, além de anunciar brinquedos. Mas o merchandising, que era o que realmente financiava os infantis, estão proibidos.

      Excluir
  2. Gostaria de fazer uma sugestão para o blog no regaste da tv Hehe. Nos anos 90 houve com sucesso a parceria Rede CNT /Gazeta
    Algo interessante era que na faixa da tarde ,logo após o mulheres até então c Claudete Troiano por volta das 17 horas sempre houve uma programação de qualidade e de audiência
    Lembro que vários artistas reinaram na faixa das 17 horas .
    Teve o infantil Tudo por brinquedo comandando pela Mariane ( acho um desperdício ela não está sendo júri ou fazendo participação com frequência em programas de auditórios seja SBT ou Record ,gostaria que vc analisasse isso tb )
    Teve o Hugo uma programa virtual que eu amava haha com um casal de apresentadores um deles era Rodrigo,era um game por 0800
    Ratinho com seu 19o urgente
    O fofao com seu tv fofao e desenhos
    Novelas mexicanas como a clássica :
    Alcançando uma estrela
    Na linha da vida : um programa onde um guri de Curitiba falava sobre o futuro das pessoas Hehe era sinistro kk
    O próprio Ronie von que está há anos anoite ,porém começou na CNT na faixa das 17 com seu mãe de gravata
    Faça um texto lembrando a audiência e bastidores dessa época se puder ,seria muito top ..boa pesquisa Hehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu me lembro bem desta época da CNT, era bem legal mesmo!

      Excluir