terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Mais uma do SBT: Raul Gil fica e a gente não sabe de mais nada

Lembra que, no final do ano passado, o TELE-VISÃO noticiou na Perspectiva 2017 que o SBT teria um novo sábado? Pois então: esqueça tudo aquilo. Ao que tudo indica, Silvio Santos não só está empenhado em passar suas férias mudando o horário do Fofocalizando e aumentando o espaço do Dudu Camargo no jornalismo, como também está disposto a desfazer todos os planos que fez antes de partir para os EUA. Entre eles, a dispensa de Raul Gil. O Programa Raul Gil não vai mais sair do ar no final de fevereiro, como previsto, e agora vai-se saber o que vai acontecer com todas as mudanças que a saída da atração acarretaria.

Vamos aos fatos: na última semana, Raul Gil Jr, filho de Raul e diretor do Programa Raul Gil, confirmou que o SBT desistiu de dispensar seu pai. Segundo o site Notícias da TV, a mudança de planos foi provocada pelo próprio Raul Gil. O apresentador procurou José Roberto Maciel, vice-presidente da emissora, que por sua vez conversou com Silvio Santos. O dono do SBT autorizou a renovação do contrato e o cancelamento das mudanças.

Com a permanência do Programa Raul Gil, fica cancelada a estreia de um novo programa de auditório com Celso Portiolli no horário. Para assumir a vaga que Raul Gil deixaria, Portiolli iria deixar o Sabadão e o Domingo Legal, que seriam extintos, e sua equipe formataria um novo programa ao vivo para as tardes de sábado. A produção, aliás, já estava em busca de formatos para quadros que iriam compor o novo programa. Por outro lado, a direção do SBT buscava algo que pudesse ocupar a faixa das 13h às 15h dos domingos, que ficaria vaga com a extinção do Domingo Legal. Cogitou-se o retorno do Fantasia, um novo programa com Patrícia Abravanel e exibição de séries enlatadas.

Toda esta história é muito esquisita. Não era tão estranho o SBT resolver extinguir o Programa Raul Gil, afinal, a atração do veterano animador não era nenhum estouro de audiência. Num momento em que o canal busca ampliar seus índices em determinados horários, uma mudança radical nas tardes de sábado faria todo o sentido. Além disso, a concorrência do horário tendia a aumentar, pois a Record cogitava exibir os programas Xuxa Meneghel e Programa da Sabrina nas tardes de sábado. Sendo assim, trocar o Programa Raul Gil por um programa ao vivo e mais competitivo fazia sentido. Fora isso, extinguir o Domingo Legal em meio a todas estas mudanças também não era má ideia, já que a atração vive um péssimo momento de Ibope. O problema, aí, é que a emissora não conseguiu definir um programa que fosse barato e capaz de bons resultados no início das tardes de domingo. Se o horário já está frágil com o Domingo Legal, poderia ficar muito pior sem ele.

Que confusão, não? Será que o SBT não pensou em tudo isso antes de anunciar a saída de Raul e a chegada de Celso aos sábados? Que irresponsabilidade anunciar uma mudança destas e, depois, desistir de tudo! Com toda esta situação ridícula, o SBT só conseguiu desgastar e constranger Raul Gil e Celso Portiolli diante do público, uma situação absolutamente desrespeitosa com ambos. Além disso, o canal expôs à concorrência e ao mercado publicitário que vive um momento frágil, de rompantes e instabilidades. Desnecessário. E triste.

O TELE-VISÃO virou livro! Compre agora! CLIQUE AQUI: http://bit.ly/2aaDH4h


André Santana

15 comentários:

  1. A credibilidade do SBT foi pro saco de vez. O canal só vai melhorar quando o Silvio morrer, aí quero ver.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kleber, desculpa falar isso, mas voce pegou pesado no comentario

      Excluir
    2. Não quero que isso aconteça claro, se peguei pesado minhas sinceras desculpas. Claro que fico triste com as decisões que afastam telespectadores do canal.

      Excluir
    3. É como eu disse no texto: o SBT demorou tanto pra perceber que a instabilidade só atrapalhava, aí percebeu e mudou, teve ótimos ganhos com isso, mas agora joga tudo por terra. Que pena!

      Excluir
  2. Celso Portiolli vai pra onde agora? Só vai sobrar o Sabadão pra ele!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece que o Domingo Legal não será mais extinto e ele seguirá nos dois programas.

      Excluir
  3. Celso Portiolli vai pra onde agora? Só vai sobrar o Sabadão pra ele!!!

    ResponderExcluir
  4. E olha que até comentei no ano passado aqui nesse blog ,que o SBT vem sempre divulgando novidades e mais novidades e no final fica tudo na mesma

    ResponderExcluir
  5. E olha que eu comentei nesse blog no final do ano passado
    Que o SBT promete novidades e mais novidades e no fim fica tudo na mesma
    Igual muitos políticos por ae Hehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Caio, você tinha cantado esta bola! Hehehe... Nada mudou!

      Excluir
  6. Menos mal. Prevaleceu o bom senso, Raul Gil foi tratado c8m desrespeito nesse epusodio da nao renovacao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Toda esta situação foi um grande desrespeito. Desgastou gratuitamente Raul e Celso, e suas equipes. Imagina o clima nas produções agora...

      Excluir
  7. Cara, que bagunça tá o SBT! Igual era em meados de 2006, 2008... Raul Gil é demitido e depois não é mais demitido, um jornal extinto é ressuscitado do nada.. sem falar no tal Dudu Camargo, que faz o ridículo em um pleno jornal matinal, enquanto jornalistas de mais credibilidade perdem espaço, como Joyce Ribeiro que foi demitida. Tenso!
    Abraços, André!
    jornal-internet.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pior que em 2006 o SBT se ferrou bonito justamente por conta de tantas mudanças. Tanto que em 2007 lançou a lendária "arrancada da vitória", que não virou nada. Foi apenas entre 2009 e 2010 que as coisas começaram a entrar nos trilhos.

      Excluir
  8. Noooossssaaaaa! Como o Silvio está preocupado com tanto puxão de orelha que está levando aqui. É capaz de nem voltar das férias pra não levar tanto pitaco dos entedidos de televisão!.

    ResponderExcluir