quarta-feira, 7 de abril de 2021

Viva resgata participação de Marisa Orth no "BBB"

O canal Viva anunciou que reprisará as duas primeiras edições do Big Brother Brasil a partir de maio. Será uma boa chance para o público da época finalmente acompanhar, passo a passo, o que aconteceu com Marisa Orth. Afinal, quem estava lá naquela estreia (alô, turminha de 30 anos!), deve se lembrar que Marisa formava dupla com Pedro Bial na condução da primeira temporada da atração, que foi exibida no início de 2002.

Pra começar, é bom lembrar que havia uma grande dúvida sobre quem apresentaria o BBB. A elogiada (e tresloucada) performance de Silvio Santos à frente da Casa dos Artistas fez subir o nível de exigência do escolhido para o posto. Na época, chegaram a ventilar a possibilidade de Fausto Silva ou Serginho Groisman assumirem a bancada. Mas o posto acabou ficando com Pedro Bial e Marisa Orth.

Eu já acompanhava o noticiário televisivo na época e me lembro que cheguei à conclusão que a Globo apostava na dupla para dividir as características que fizeram o sucesso de Silvio Santos na Casa dos Artistas. A Pedro Bial caberia um lado mais sério, do jogo, como um mestre de cerimônias. À Marisa, ficaria a descontração, o bom humor e o improviso. Esta foi a impressão que eu tive, bem entendido.

No ar, a dupla não tinha lá muita malemolência, talvez porque eles ficaram unidos em cena apenas uma semana, e não deu tempo de azeitar a dinâmica. Sentados e presos ao teleprompter, Pedro e Marisa tocavam o BBB em tom de jogral, sem espaço para grandes intervenções. Claro, vale lembrar que todo o primeiro BBB era assim, já que a própria edição era absolutamente burocrática, que exibia acontecimentos costurados por depoimentos que os próprios participantes davam no confessionário. Ou seja, o tom era meio de documentário. A edição mais solta, com direito a piadocas, ficou mais constante depois.

Neste contexto, Pedro Bial e Marisa Orth seguiram juntos na condução da atração, até que um deslize dela provocou o fim da dupla. Naquela edição, o líder deveria indicar uma pessoa ao paredão (que nem era chamado de “paredão”) na noite de sábado, ao vivo. Mas Marisa se antecipou ao líder Serginho, revelando ao vivo que ele indicaria Caetano. A “pressa” de Marisa pegou mal e, a partir dali, ela não apareceria mais ao vivo.

Entretanto, a Globo, como sabemos, não gosta de admitir erros, e não afastou Marisa Orth de vez do BBB. A atriz passou a comandar matérias na rua, entrevistando espectadores sobre o andamento da atração, em flashes durante a programação. Além disso, ela tinha um espaço na edição de sexta-feira, na qual conduzia um bate-papo descontraído com os participantes sobre o jogo. O papo era gravado à tarde, e apresentado editado no programa à noite. Assim, ela seguiu no BBB 1 até o fim.

Foi apenas a partir da segunda edição do BBB que Marisa Orth foi definitivamente afastada da atração. Enquanto isso, Pedro Bial foi se soltando cada vez mais, tornando-se uma espécie de animador e dominando o programa. Por isso, ver novamente o BBB 1 no Viva será interessante para rever este momento inusitado da carreira de Marisa Orth, e como Pedro Bial era bem menos desenvolto no início. Será a chance de ver como o programa evoluiu de lá para cá, e não só na apresentação, como também na edição, perdendo o ar de formato “encaixotado” para ser, verdadeiramente, uma versão brasileira. 

Só é uma pena que a Globo resolveu “cozinhar” Marisa. Já pensou como seria se ela tivesse emplacado na missão e ficado com o BBB pra ela? Sim, aquela função não era para Marisa Orth, que tem outros e melhores talentos. Mesmo assim, me pareceu, à época, que desistiram dela rápido demais…

André Santana

4 comentários:

  1. Achei uma jogada legal do Viva trazer os episódios da primeira e segunda temporada do BBB, eu tenho recordação de quando o mesmo estreou,tentando pegar onda na Casa dos Artistas, cujo um dos grandes segredos do sucesso foi sem dúvida o comando direto de Silvio Santos na atração, e sua interação ao vivo que só o mesmo consegue fazer ,e nas tomadas de decisão em frente (me recordo que as votações eram feitas todas no Domingo a noite ,e os eliminados eram escolhidos através de ligações ao vivo) e por trás das câmeras, algumas até meio absurdas (como a desistência e retorno de Alexandre Frota depois de alguns dias ao jogo).Fico pensando como teria sido se tivessem escolhido Faustão ou o Serginho Groissman para comandar o programa,teria dado um rumo totalmente diferente a atração penso eu , e sobre Marisa Orth creio que foi apenas uma escolha ruim para o comando ao vivo, deveria ter ficado apenas em externas e momentos mais descontraídos, mas com esse movimento meio q se firmou o formato do Reality de confinamento ter apenas um apresentador fixo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um olhar feminino ate que nao seria mal. .nossa bem lembro da Marisa apresentando. So lembro e André gabeth, pela a descontrolada, Wanessa que namorou Serginho francês o Kleber bakbam e um tal de Adriano que criou o termo paredao pra eliminação

      Excluir
  2. Eu já sou da turma mais velha, então me lembro que, na época, eu achava que, para combater o SS, a Globo iria colocar o Faustão ou o Huck para apresentar a versão global da "Casa dos Desesperados", rsrs...

    Mas olhando atualmente, a ideia de não colocar alguém já conhecido como apresentador de auditório foi muito boa, pois geraria uma comparação com o SS e, com a rejeição que principalmente o Faustão enfrentava na época - que, com o tempo, até que diminuiu, pois brasileiro adora criticar e normalizar as coisas ao mesmo tempo - a ideia poderia ter sido um tiro no pé. Colocando alguém diferente e até inesperado para apresentar o programa, como o Bial, foi criada uma identidade com a atração.

    Concordo que rifaram a Marisa cedo demais, poderia sim ter tido pelo menos alguma oportunidade para continuar. Não acompanho o BBB, mas observando o que você diz sobre a edição mais solta que existiu com o passar do tempo, ela até poderia ter encontrado um espaço.

    ResponderExcluir
  3. Gente o Viva decaiu mesmo hein , Reprisar BBB com tanta coisa boa que tem a Rede Globo ..nao gostei e muita gente nao gostou ..Chega de BBB

    ResponderExcluir