quinta-feira, 4 de março de 2021

"Se Joga" volta ao ar com formato de "Vídeo Show"

A Globo não quis assumir o erro e cancelar de uma vez por todas o Se Joga. Para não jogar a toalha, o canal tratou de fazer uma reformulação na atração, que passa a ser semanal a partir deste sábado, 06, e com um formato totalmente alterado. E as “novidades” anunciadas deixam bem claro que o programa que está voltando não é o Se Joga, e sim o Vídeo Show.

De acordo com o comunicado distribuído pela Globo, a proposta do novo Se Joga é fazer um apanhado de tudo o que aconteceu durante a semana na TV, nas artes e no mundo das celebridades. O programa também vai trazer matérias de bastidores, curiosidades da TV e relembrar momentos históricos da telinha. Ah, e vai exibir também erros de gravação. Parece familiar?

Do Se Joga mesmo, só as presenças de Fernanda Gentil e Érico Brás. Ela segue como apresentadora do programa, enquanto ele assume as funções de repórter, realizando entrevistas com famosos. Além de Brás, o programa terá a presença de Cauê Fabiano e Juliane Massaoka, que devem mostrar os bastidores dos programas da Globo, enquanto Tati Machado comentará o mundo das redes sociais no quadro do G Show. Ah, o BBB também pautará a atração.

Ou seja, na prática, a emissora está fazendo um Vídeo Show semanal com o comando de Fernanda Gentil. O que não é ruim. Sempre defendemos aqui que o Vídeo Show estava esgotado como programa diário, mas que ainda renderia um semanal bacana. Além disso, faltava ao programa um apresentador que pudesse lhe dar uma cara, e Fernanda tem todas as condições para isso. Em suma, é uma ideia que tem boas condições de dar certo.

Claro, seria melhor ainda se o nome Vídeo Show fosse novamente adotado. Porque é isso que esse programa é: o Vídeo Show. Manter o título Se Joga vai apenas colar um selo de fiasco e ranço no programa que, na prática, está estreando. Foi um título desgastado por conta da execução ruim da primeira versão, e o público pode acreditar que é o mesmo Se Joga ruim que está voltando. E não é.

Ainda assim, eu gosto da ideia. Sempre defendi um Vídeo Show semanal. Mas se a Globo não quis encampar a ideia de resgatar o título clássico, só o fato de resgatar o formato já me parece interessante. O desafio será apagar a impressão ruim deixada pela primeira versão do Se Joga e embarcar neste como se fosse uma novidade. Ou como se fosse o Vídeo Show. Torço pra que dê certo!

Ah, vale lembrar ainda que o novo Se Joga já tem exibição garantida até dezembro. Ou seja, acabou o rodízio de formatos nas tardes de sábado. Isso pode significar o fim definitivo do Simples Assim. Como se sabe, Angélica vem fazendo projetos com contrato por obra no Grupo Globo. Sendo assim, neste momento ela não tem compromisso com canal nenhum. Qual será o próximo passo da loira?

André Santana

6 comentários:

  1. Também torço pra que este novo "Se Joga Vídeo Show" nos faça esquecer da primeira versão deste programa horroroso. Darei uma chance hoje.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felipa, também torço! Acompanharei e depois comentaremos aqui!

      Excluir
  2. Eu ouvi falar que e um vídeo show mas com entrevista muito atravessada...peguem como exemplo o tudo a ver com a Record que dará certo. .

    ResponderExcluir
  3. Tanto que a gente falou dessa ideia aqui que resolveram fazer mesmo, rsrs...Mas chega a ser bizarro não colocarem logo o nome do Vídeo Show de volta, é inclusive mais simpático do que esse atual...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alexandre, pra mim não voltaram com o título Vídeo Show por pura birra. Se tivesse voltado com o nome, eles estariam admitindo dois erros: que acabar com o Vídeo Show foi precipitado, e que o Se Joga foi um fiasco. E eles jamais admitiriam isso, kkkk! Então inventaram esse Se Joga Vídeo Show, que não é uma pérola, mas muuuuuuito melhor que o Se Joga original.

      Excluir