terça-feira, 28 de julho de 2020

Depois de se aventurar no domingo, Sabrina Sato ganha programa de namoro

Lembra quando Sabrina Sato perdeu o seu Programa da Sabrina, e correu solta a notícia de que a Record estudava um formato de namoro para ela apresentar? Pois bem. De lá para cá, a “japa” herdou o Domingo Show, ficou uns três dias ali, viu o quadro Made In Japão se tornar programa de sábado à noite (e que passou em brancas nuvens), e voltou à geladeira novamente. Mas agora, o tal programa de namoro vai finalmente sair do papel.

É interessante esta história toda. Quando saiu a primeira notícia de que Sabrina teria um programa de namoros, imaginei que a Record já tinha este formato, e encaixou Sabrina nele porque a apresentadora estava sem projeto. No entanto, não foi bem assim, agora ficou claro. Na verdade, alguém na emissora cismou que ela deveria comandar um programa de namoros e, desde então, estão em busca de um formato assim. Estranho, né? Sabrina tem cara de programa de namoro?

Mas enfim. A Record finalmente encontrou este formato. A nova atração, que vem sendo chamada de Game dos Clones, será uma parceria entre a emissora e a Prime Video. No programa, um participante descreve como sua “alma gêmea” deve parecer. A produção, então, seleciona oito concorrentes com as características pedidas,os veste exatamente iguais, e eles disputam o participante do dia. Game dos Clones deve estrear ainda este ano, nas noites de sábado.

Ou seja, o destino de Sabrina é mesmo permanecer no difícil horário da noite de sábado. Foi ali que seu Programa da Sabrina ficou no ar por alguns anos, e foi ali que o Made In Japão teve uma passagem pouco marcante. Vamos ver se o tal Game dos Clones terá força para fazer o sábado da Record renascer, afinal, a única coisa que funcionou ali foram justamente as reprises do Show do Tom, atualmente no ar.

Falando em Sabrina Sato, o Notícias da TV anunciou hoje, 28, que a apresentadora também deve ficar com o Dancing Brasil. Segundo o site, Xuxa Meneghel não tem mais interesse em permanecer na emissora, enquanto a direção da Record também não deve fazer questão de segurá-la. Assim, o Dancing, que não será produzido este ano por causa da pandemia, deve voltar em 2021 com nova apresentadora.

Quanto à Xuxa, fica a dúvida sobre seu destino. Se ela realmente não renovar com a Record, o mais provável é que ela se dedique às parcerias que anunciou, em sua recente participação no Otalab, de Otaviano Costa, no UOL. Xuxa falou de seus atuais projetos: “Deixa eu te dizer uma coisa: a gente tem uma série para fazer no HBO Plus, a gente tem um filme que vai sair pela Netflix, um seriado que vai sair pela Disney e os livros”, revelou ela. Vale lembrar que os livros que ela anunciou devem sair pela Globo Livros, o que já levanta a suspeita de um possível retorno da loira ao canal. 

Ainda acho que ela só volta à Globo se pintar um grande projeto, já que a emissora não tem segurado ninguém. Mas, se não voltar, Xuxa está bem servida, afinal, grifes como HBO, Disney e Netflix não são qualquer coisa, não é mesmo?

André Santana

9 comentários:

  1. A Sabrina parece ser gente boa, mas não vejo nela uma qualidade, traquejo mesmo como você diz, para ser apresentadora. Serviria mais como repórter ou atração de algum programa para alguém ser apresentador (a) principal. Mas num programa despretensioso, quem sabe pode funcionar...Só que como fica o cansado "Vai Dar Namoro" do Rodrigo Faro, ainda existe,rs??

    E sobre a Xuxa; mais do que bom esses projetos que citou, mas não duvido dela pintar novamente ou na Globo, ou em algum canal Globosat.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, eu acho que a Xuxa interessa à Globo como convidada. Ela sempre rende buzz, e é uma ótima entrevistada! Não que eu duvide que ela possa voltar, mas acho que estas participações recentes têm mais a ver com isso, ao meu ver. Mas só vamos ter certeza quando o acordo de Xuxa com a Record chegar ao fim.

      Excluir
  2. Sinceramente, acho que esse Game dos Clones tem cara de programa tosco do Multishow rsrsrs. Sabrina funciona sem roteiro, ao ar livre. Podiam se inspirar no ótimo Walking Show (acho que é esse o nome) que ela apresenta em seu canal no YouTube. Entrevista famosos na rua, andando, tomando um sorvete, sendo parada por transeuntes, fazendo piada. É a boa e velha Sabrina Sato que curtíamos assistir nos áureos tempos de Pânico na TV.

    Sobre a Xuxa, pra mim, era inconcebível vê-la fora da TV aberta,as parece que esse dia está próximo. No fim, a rainha se mostra bastante esperta pois, além de continuar a ganhar milhões com as ditas grifes do entretenimento, a loira ainda fica livre pra analisar propostas de outras emissoras sem ter vínculo direto com nenhuma. Não a vejo na Globo ainda, acho que a proximidade se dá pelos livros e, quem sabe, algum filme. E se numa dessas, a Netflix não formata um talk show com a rainha, hein?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Xuxa e uma marca forte no imaginário infantil. .se a gkobo for malandra assina com ela em algum projeto temporário vai atrair nesse buzz muitos anunciantes. ..e ainda pode o viva relançar programas antigos e DVDs infantis a Globo e besta se não aproveitar

      Excluir
    2. Mister Ed e Miguel, eu gostaria de ver a Xuxa num programa como o que ela fazia na Record, só que com produção melhor: bons entrevistados e roteiro mais bem acabado. Se não couber numa TV aberta, cabe num canal pago do grupo numa boa! Na Netflix, o Feltrin adiantou que ela pode fazer filmes. Vamos ver.

      Excluir
  3. Sabrina Sato tem carisma e passa sinceridade no vídeo na minha visão, porém não vejo nela qualidade para ser apresentadora de programa de auditório, tanto que o único projeto em que ela funcionou bem foi nos tempos de Pânico na TV , depois disso todos naufragaram. Deveriam dar para ela um programa com uma proposta semelhante ao que ela fazia lá.

    Creio q esse programa novo de namoro terá missão difícil, é um formato meio batido e cansado,além de claro requerer destreza no palco para não deixar transparecer a artificialidade que esses programas naturalmente tem, será dificil a tarefa de encarar principalmente a já consolidada linha de realities do SBT nas noites de sábado. Creio q a única esperança que eles teriam de brigar por uma vice liderança é Silvio Santos fazer mais um de seus movimentos malucos na grade.

    Fico com uma pulga atrás da orelha,será que a Record não conseguiu ainda superar a triste e precoce morte de Gugu Liberato? pois dá a impressão que a partida do mesmo rendeu um problema ainda não resolvido pela Record, visto q tudo que ela fez após o fato não deu muito certo. Com programas órfãos (Canta Comigo e Power Couple) e poucos apresentadores para segurar tantos realities na grade.

    Sobre a Xuxa, creio q ela deve volata pra a Globo apenas com algum projeto pronto,pois a Emissora nos últimos tempos tem mudado sua política e dispensado até artistas que considerávamos "intocáveis" lá dentro. Claro que isso trás benefícios principalmente para o telespectador, pois o mesmo vai ter a chance de ver artistas atuando em novas emissoras e projetos. Já que muitos que estavam lá,só estavam contratados para "ninguém poder usar".


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruno, também acho esse formato meio cansado. Vamos ver como será.

      Excluir
  4. Xuxa tem feito entrevistas na Globo aparecido na globoplay....de depende a Globo que botar alguma reprise em seus canais a cabo..e relançar os so pra baixinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Miguel, é como eu disse acima: Xuxa é uma ótima entrevistada! Ela gera buzz. Mesmo que a Globo, por enquanto, não tenha nenhum projeto para ela, creio que ela vai aparecer cada vez mais como convidada dos programas da emissora.

      Excluir