sábado, 16 de maio de 2020

Com reprises desde janeiro, SBT paga pela falta de estratégia


O SBT foi o canal aberto mais prejudicado com a pandemia de coronavírus. A emissora, que praticamente fecha entre os meses de janeiro e março, estava retomando suas produções quando foi obrigada a interrompê-las novamente, por conta da necessidade de isolamento social. Com isso, o canal de Silvio Santos está há praticamente cinco meses sem produção inédita de entretenimento.

Com exceção do Fofocalizando, agora chamado de Triturando, que seguiu ao vivo ao longo de todo este período, os demais programas de entretenimento do SBT pararam. Programa do Ratinho, Roda a Roda, The Noite, Operação Mesquita, Programa da Maisa, A Praça É Nossa, Programa Raul Gil, Topa ou não Topa, Domingo Legal, Eliana e Programa Silvio Santos entraram em férias no mês de janeiro. Até o carnaval, o que se viu destes programas foi uma enxurrada de “melhores momentos”. Em seguida, as produções foram retomadas, e algum conteúdo inédito foi exibido. Mas por pouquíssimo tempo.

 Assim que foram anunciadas as medidas protetivas em razão da pandemia, o SBT fechou novamente. E, assim, a emissora voltou a recorrer às reprises. Claro, esta forte pandemia era imprevisível. No entanto, a emissora estaria numa posição minimamente mais confortável se planejasse melhor as suas férias. Viver de reprises no início do ano nunca foi um bom negócio. E, com a necessidade de parar de vez, o SBT se viu encurralado. Emendou reprise em mais reprise.

Porém, o SBT tem seus trunfos. É da emissora a única novela nacional inédita em exibição, As Aventuras de Poliana. A trama infantil se viu em vantagem por conta de sua frente bastante grande de exibição. Mas a primeira fase da novela de Íris Abravanel acabará em breve, e a emissora perderá este trunfo.

Há ainda tentativas interessantes de recauchutar conteúdo, caso do Bake Off – A Cereja do Bolo, exibido nas noites de sábado, que traz os melhores momentos do reality costurados por conteúdo inédito, com segredos de bastidores e reencontros de participantes. A emissora também ensaia voltar com o Programa do Ratinho nos próximos dias, com o formato adaptado à nova realidade. Domingo Legal e The Noite também devem voltar. A emissora vai apostar em programas de auditório mais enxutos, com pouca gente e um “auditório virtual” (na verdade, uma arquibancada com monitores com imagens de espectadores).

Mas é pouco. Enquanto os outros canais se desdobram para realizar programas da casa de seus apresentadores, e abusam das lives para oferecer entrevistas inéditas, o SBT parece parado no tempo. Esta pausa forçada deveria fazer a emissora repensar sua grade de férias, pra que não precise passar tanto tempo assim vivendo de reprises. Mas, conhecendo o histórico da emissora, isso não vai acontecer.

André Santana

8 comentários:

  1. Olá, tudo bem? O Topa ou Não Topa até exibiu edições inéditas nesse período. O quadro da Havan está sendo inédito no Domingo Legal. Não dá para exigir edições inéditas no dominical do Silvio Santos. Ele já se aproxima dos 90 anos! Agora, concordo que Eliana, principalmente, deveria retornar mais cedo das férias ou então gravar programas inéditos. Abs, Fabio www.blogfabiotv.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fabio! Só pra colocar: não estou exigindo programas inéditos do Silvio Santos. Estou dizendo que a decisão de exibir reprises nas férias rendeu péssimas consequências agora. O SBT já teve fases em que deixava programas de gaveta para o início do ano, mas não faz mais isso. E, neste ano atípico, esta decisão ajudou a enfraquecer a grade, pois o que seriam dois meses de reprises se tornaram cinco. Abraço!

      Excluir
  2. SBT parado no tempo não é de agora, né, Andrezito... Mas o que preocupa mesmo é a idade de muitos dos apresentadores da emissora que, por estarem em grupo de risco, deverão demorar para gravar conteúdo inédito. Abraço!
    Lucas - www.cascudeando.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Luquita! Não dá pra prever quando voltam Carlos Alberto de Nóbrega, Raul Gil e o próprio Silvio Santos. Complicado.

      Excluir
  3. E, ainda assim, o SBT segue sendo a segunda rede TV no PNT. Vai entender...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deve ser a falta de concorrência, né? Porque a Record dá tanta bola fora...

      Excluir
  4. Que saudade das tardes dos anos 90 com Angelica, mariane E para adultos popovick e Ana Maria
    Bons tempos tb nas tardes dos anos 2000 claudete troiano , Sonha abrao ( mehor fase nos anos 2000) , Astrid ,Leonor Correia, Regina volpato e galisteu ( charme)
    As tardes da TV nunca estiveram tão ruim
    Sbt : com os horríveis e desgastado Triturado , casos de família
    BAND Começando Jornal policial as 16 horas
    REDE TV Sonia abrao grande comunicadora porém vive uma fase cansada e puxando saco de seus amigos e depois vem o Sikeira , horrível e bizarro
    Record a tarde toda com jornais policiais
    12 as 15 15 E 17 às 20 00 haja enrolação

    ResponderExcluir