quarta-feira, 17 de julho de 2019

Angélica está de volta… no Viva

Quem não tem Globo caça com Viva
O canal Viva começou a anunciar a estreia de Caça Talentos, novelinha infantil que marcou a estreia de Angélica na Globo. A atração vai substituir Estrela-Guia, mantendo a faixa das 11h45 para tramas com uma pegada infantojuvenil. E o público voltará a ver Angélica na TV. A apresentadora segue na geladeira da Globo, mas, ao menos, voltará a dar as caras no Viva, canal que já exibiu outros programas da loira, como Estrelas, Flora Encantada e o próprio Caça Talentos.

Caça Talentos foi exibido pela Globo entre 1996 e 1998. Contava a história de Bela (Angélica), uma criança que foi criada por fadas no Mundo Mágico. Quando Bela descobre que, na verdade, pertence ao Mundo Real, tem a chance de conhecê-lo e escolher qual dos mundos ela quer habitar. Assim, a fada vai parar na agência e produtora de vídeos Caça Talentos, uma empresa quase falida, mas que abriga muito afeto. Ali, ela começa a trabalhar como produtora, ao mesmo tempo em que se apaixona pelo chefe, Artur Carneiro (Eduardo Galvão), e tem que enfrentar as armações de Silvana (Helena Fernandes), sócia da agência que planeja destruir a Caça Talentos.

Caça Talentos era uma criação de Boninho, Ronaldo Santos e Patrícia Moretzsohn. Era exibida pela Globo de segunda a sexta, às 11h30, depois do Angel Mix. Os dois programas compunham a faixa Angélica, exibida das 11h às 12h em 1996, e das 8h30 às 12h a partir de 1997. No ano de 1998, a novelinha passou a ser exibida dentro do Angel Mix, às 10h30. No elenco, Caça Talentos contava com nomes como Cláudia Rodrigues, Marilu Bueno, Betina Viany, Ana Furtado, Tony Tornado, Emiliano Queiroz e Antonio Pedro, além de muitas participações especiais. Teve 465 episódios. 

Além do grande sucesso na Globo, Caça Talentos faz parte da história do Viva. A novelinha fez parte da primeira grade de programação do canal. Inicialmente exibida aos domingos, a trama logo passou à programação diária. Depois de algumas exibições e reexibições, Caça Talentos saiu do ar, sendo substituída por Flora Encantada, série infantil também protagonizada por Angélica. Mais adiante, Flora Encantada foi substituída pela série Sandy e Jr, que segue em exibição no Viva.

Assim, enquanto Angélica vive uma situação que não ata e nem desata na Globo, com um projeto de programa que não sai da gaveta, ao menos ela poderá ser vista no Viva. O Grupo Globo poderia aproveitar o embalo e enxergar que a loira poderia contribuir com seus demais canais pagos. Como já dito aqui antes, o tal projeto engavetado da apresentadora é a cara do GNT. Como não percebem isso?

André Santana

13 comentários:

  1. Eu amava Caça Talentos. Lembro que chegava da escola já direto pra TV para assistir Angélica e sua turma. A loira podia ligar pro Silvio Santos e pedir a volta do Programa Livre ou algo similar com ela no comando. Melhor que ficar restrita à TV por assinatura.

    André, entendo sua empolgação com o projeto da Angélica no GNT, mas lembre-se que estamos falando de alguém que cresceu na televisão. Acha mesmo que o ego da Angélica cabe no GNT? Nem o Jô aceitou...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O perfil da Angelina e a cara do sbt

      Excluir
    2. Mister Ed, eu também tenho lembranças ótimas de Caça Talentos. Eu estudava de manhã e chegava em casa meio-dia, então quase nunca eu via. Mas quando tinha aula vaga ou feriado, eu corria pra ver! Também costumava gravar alguns capítulos para ver depois. Vi muita coisa da primeira reprise no Viva, e pretendo rever de novo, hahaha! Sobre Angélica, você tocou num ótimo ponto: cria da TV aberta, ela pode não se contentar com a TV fechada. No entanto, é uma escolha: melhor TV fechada ou melhor ficar fora do ar? Se ela prefere ficar fora do ar, então... paciência. Além disso, poderia haver uma produção híbrida, como a Escolinha do Professor Raimundo e Lady Night, com um projeto que circule pelos dois canais. Creio ser possível. E Miguel, o SBT é o rei dos auditórios, e se houvesse um bom formato para Angélica lá, com certeza ela arrebentaria. Mas o canal do Silvio Santos anda com o freio puxado, então não acredito que haja interesse numa contratação neste nível. Vamos ver o desenrolar dos fatos.

      Excluir
    3. E o Silvio Santos tá mais interessado em empregar a família do que apresentadores de verdade rsrsrs.

      Excluir
  2. Gosto demais da Angélica ,um carinho desde criança por ela
    Sonho com sua volta na tv ,seja na Globo ou em outra ,mais tá difícil disso acontecer infelizmente

    ResponderExcluir
  3. O bom disso é que se vai reprisar a caça talentos que é longa pode ser um sinal que a loira volte em 2020 sim na tv globo ,afinal o viva não iria reprisar algo que a estrela principal no caso a Angélica seria dispensada
    Espero que boatos da candidatura do marido não atrapalhe esse retorno dela a tv

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, anônimo, é um sinal interessante, mas não é garantido, infelizmente. Lembra quando o Viva começou a reprisar Planeta Xuxa, com direito até a cabeças inéditas apresentadas pela loira? Durou poucos meses, pois a Record anunciou a contratação de Xuxa e o Viva limou o Planeta da grade na mesma semana.

      Excluir
  4. A Angélica deveria ir pra Record apresentar o X Factor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se tivesse um bom formato pra Angélica fazer, podia ser na Record mesmo... mas o X Factor seria meio ruim, já que a Record tem dois realities musicais, o The Four e o Canta Comigo. Se fosse pra fazer um formato, deveriam entregar um game à Angélica, ela é ótima nisso! Faria o The Wall melhor que o marido dela, rsrs!

      Excluir
  5. Eae André. Como foi a audiência de Estrela Guia?

    ResponderExcluir