terça-feira, 23 de abril de 2019

Globo já testou um formato para Angélica. E ficou legal!

Episódio do Estrelas de 24/09/2016: Angélica em momento Hebe

Segundo a imprensa especializada, neste momento o projeto de novo programa para Angélica está engavetado. Em sua coluna no UOL, o jornalista Ricardo Feltrin revelou que a nova atração seria um programa de auditório sobre comportamento, apostando num bate-papo entre convidados e a plateia. O programa seria de temporada e estava cotado para ocupar as noites de quinta-feira. Porém, com receio de fazer grandes investimentos neste momento de instabilidade, a direção da Globo ainda não deu o OK para o início da produção. Assim, ao menos por enquanto, o projeto está suspenso. 

Não se sabe exatamente como seria esse tal projeto, mas, pela descrição de Feltrin, seria algo próximo a um episódio do Estrelas, último programa da loira, que foi ao ar em 2016. Mais precisamente no dia 24 de setembro daquele ano. Neste dia, o Estrelas teve um único cenário: uma casa onde foi utilizada a sala de estar e a cozinha. Na cozinha, Angélica recebeu João Baldasserini, que participou do quadro Sabores com sua receita de carne de panela. 

Enquanto isso, na sala, Angélica recebeu três convidadas: Claudia Raia, Fernanda Souza e Gloria Maria. Ao contrário do que comumente acontecia no Estrelas, elas participaram ao mesmo tempo do programa, conversando sobre diversos assuntos. Angélica mediou o bate-papo, que teve como temas principais a “mentira social” e a moda dos famosos. A apresentadora propunha os temas, enquanto as convidadas os debatiam, sempre com bom humor. O programa também contou com externas, no qual o público nas ruas dava opiniões sobre os temas e mandava recados para as convidadas de Angélica.

Sendo assim, naquele dia, o Estrelas adotou um formato parecido com o Saia Justa, com um debate com mulheres sobre temas diversos. Foi um episódio atípico do programa, que normalmente tinha blocos independentes entre si, e cada bloco era protagonizado por um convidado diferente. Desta vez não. As convidadas de Angélica participaram do programa todo, reunidas num sofá, numa conversa bastante divertida. Se tivesse um auditório ali, seria algo parecido com o que Hebe Camargo fez por tantos anos na TV. 

Ou seja, Angélica mostrou que poderia, perfeitamente, conduzir um “programa de sofá”. Naquela época, o Estrelas já estava um tanto desgastado, e este episódio “fora da curva” mostrou que o programa vinha tentando aperfeiçoar o seu formato. Sem dúvidas, este episódio deveria servir como modelo para a nova atração da apresentadora. Isso se ela conseguir tirar o seu projeto da gaveta. Não está fácil não.

Assista ao episódio em questão do Estrelas clicando AQUI

André Santana

4 comentários:

  1. Será que vão enrolar a Angélica igual fizeram com a Xuxa?? Vamos aguardar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, é a impressão que passa. Se o canal não quer mais apostar na apresentadora, deveria liberá-la logo! Aliás, o grupo Globo anda tão aberto a coproduções, então não sei porque não aproveitam este novo projeto da Angélica no GNT. Poderia haver uma temporada maior na TV paga, e os melhores episódios poderiam ser exibidos na TV aberta em algum momento, como o Lady Night.

      Excluir
  2. A Globo anda desprezando os antigos curingas. ..parece que prefere testar gente nova ..so o marido,Groisman e Faustão e Maria Braga permanecem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, Miguel! Os veteranos estão sendo descartados, com exceção destes que você citou. Uma pena.

      Excluir