quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Rosana Jatobá fez bem em fugir do "Tricotando"

"Eu só sei fazer crochê"
Finalmente entrou no ar o tal novo programa de fofocas da RedeTV. O Tricotando é a mais nova tentativa da emissora de buscar uma atração capaz de elevar a audiência em baixa herdada do horário da igreja e servir de alavanca ao RedeTV News, o principal jornal do canal. Como se sabe, o noticioso registra baixos índices de audiência desde que passou a ir ao ar às 19h30, invertendo de posição com o TV Fama.

No Tricotando, os apresentadores Lígia Mendes e Franklin David passam pouco mais de uma hora comentando fatos sobre a vida alheia. Como na "roda da fofoca" de Sonia Abrão, eles conversam sobre os principais assuntos dos sites de notícias, além de perder vários minutos esmiuçando as redes sociais de celebridades. Em suma, mais do mesmo, ainda mais em se tratando de RedeTV, que tem outros tantos programas na mesma linha.

Estranho, se levar em consideração que a direção da RedeTV havia escalado Rosana Jatobá para ser a apresentadora e ter prometido a ela que o programa não teria somente fofoca. A jornalista declarou ao site Notícias da TV que a atração teria especialistas nas mais diversas áreas e seria variado. Mas, pouco tempo antes da estreia, com Lígia e Franklin também já escalados para a apresentação, Rosana Jatobá pulou fora. Provavelmente, percebeu que a emissora não cumpriria o que prometeu, e que Tricotando seria um programa de fofocas, sim.

Muito estranho ludibriarem Rosana Jatobá para que ela assumisse a função. O canal devia estar mesmo desesperado, pois havia convidado vários outros nomes, mas não conseguia uma apresentadora para o programa. Olga Bongiovanni, Regina Volpato, Mara Maravilha e Leo Dias foram sondados, mas todos recusaram. Aí apelaram para uma solução caseira e escalaram Rosana, que já faz parte do cast da RedeTV. Mas prometeram a ela que Tricotando não teria apenas fofoca. E é isso mesmo que a atração é: um programa de fofocas. 

Sendo assim, fez ela muito bem em deixar o projeto. Rosana Jatobá seguirá no jornalismo da emissora, participando das escalas de apresentação do RedeTV News e aguardando um projeto para chamar de seu. Melhor assim. A emissora precisa de mais um telejornal, e Rosana Jatobá é o nome para isso. E quanto ao Tricotando, Lígia Mendes e Franklin David se mostraram as escolhas mais adequadas. Só falta melhorar a pauta, já que o programa desdobra praticamente os mesmos assuntos mostrados também no A Tarde É Sua e no TV Fama. Esquisito.

André Santana

4 comentários:

  1. Esta entrevista do Marcelo de Carvalho explica um pouco da programação da Rede TV! e o seu estilo; ele gosta desse nível atual por lá, então dá-lhe mais do mesmo: https://www.uol/economia/especiais/entrevista-uol-lideres-marcelo-de-carvalho-redetv.htm

    Realmente não faz sentido outro programa de fofoca no canal, a não ser que queiram virar um E! brasileiro. Mas mesmo para fazer fofoca precisam de mais conteúdo,rs...E de fato faz falta outro jornal na emissora, de manhã e de tarde não tem informação, é algo muito mal feito realmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alexandre. Não vejo problemas em a RedeTV querer virar um E! nacional, mas até o E! tem programas que diferem entre si. Mas eu torço mesmo por um maior espaço para o jornalismo, porque o jornalismo do canal é bom. O Leitura Dinâmica é um dos jornais mais inteligentes e diferentes da TV aberta. O canal consegue inovar no jornalismo, enquanto é "conservador" no entretenimento.

      Excluir
  2. A Lígia é muito competente fez muito sucesso na Rádio jovem FM com o Missão Impossível ,tem postura , voz boa .merece essa oportunidade!
    Concordo que tem muita fofoca nessa canal ,mais antes um programa próprio do que tele cultos ainda mais vindo da preguiçosa Rede tv ! E ainda os donos se acham o máximo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto da Lígia! Além de boa voz e postura, ela é divertida e debochada. Torço pra que o programa encontre um rumo próprio.

      Excluir