quinta-feira, 26 de abril de 2018

Gugu assume "Power Couple" e inicia novo "plano de carreira"

"Valendoooo!"

Após três temporadas do apagado programa que levava seu nome nas noites da Record, Gugu Liberato topou o desafio de comandar um reality show. Na última terça-feira, 24, o animador estreou à frente do Power Couple Brasil, um divertido jogo entre casais que já teve duas temporadas comandadas por Roberto Justus. Para receber o novo apresentador, a direção da emissora alterou o formato, que antes era um game com ares de reality show; agora, é um reality com ares de game.

Com edições diárias e eliminações ao vivo às terças-feiras, o novo Power Couple teve direito a, até, um palco com plateia. Em seu habitat natural, Gugu apareceu bem à vontade. O volumoso texto da gincana não impediu o apresentador de exercitar sua espontaneidade e, ainda por cima, as grandiosas provas do Power Couple fizeram com que Gugu retornasse ao comando de game shows, algo que ele sempre fez muito bem. Como resultado, Gugu surgiu muito mais feliz no vídeo do que nos tempos de seu finado programa solo. Ou seja, o novo formato serviu como uma injeção de ânimo ao apresentador, o que pode significar uma bem-vinda reinvenção.

Após o fim do programa Gugu, o apresentador relutou um pouco para renovar seu contrato com a Record, mas acabou firmando o acordo de um ano, topando a oferta de apresentar dois programas de temporada. O primeiro deles é o Power Couple; no segundo semestre, segundo Flavio Ricco, ele comandará a versão nacional de All Together Now, um formato britânico que consiste numa espécie de show de calouros, no qual os participantes são julgados por um júri formado por 100 (!) pessoas.

Ou seja, Gugu deve ter um momento mais tranquilo na Record, revezando dois formatos de temporada e garantindo sua presença no vídeo nos dois semestres. Sem dúvidas, um atraente plano de carreira, que pode funcionar, já que a Record entregou a ele dois formatos que têm a ver com seu perfil. E, se levarmos em consideração que o principal problema do programa Gugu era sua falta de um conteúdo atraente (entrevistas com celebridades sumidas e pautas sobre produtos de beleza no palco não se sustentariam por muito tempo, não é mesmo?), agora ele terá dois produtos com conteúdo para comandar. Ou seja, trata-se de um plano de carreira interessante ofertado pela Record.

A emissora podia ter este mesmo cuidado com outra de sua estrela, Xuxa Meneghel. Assim como Gugu, Xuxa vem aparecendo radiante no comando do Dancing Brasil, como há muito tempo não se via. E ela também garantiu sua presença no vídeo ao longo do ano, já que seu Dancing, desde a estreia, vem emplacando duas temporadas por ano. Mas a competição de dança vem dando sinais de desgaste, como já dito anteriormente. Sendo assim, por que o canal não busca (ou, melhor ainda, não cria), desde já, um novo formato para que Xuxa possa revezar com o Dancing Brasil? A loira também merece um plano de carreira mais bem elaborado.

André Santana

2 comentários:

  1. Pro Gugu será muito bom ele se renovar pois o formato de seu programa se desgastou e espero que se reinvente pois ele era um dos maiores comunicadores e sucessor natural do Silvio Santos aos domingos até estourar o escândalo do PCC, depois passou pelo lado bom moço e agora vem uma nova fase na carreira dele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fazia tempo que eu não me interessava em ver o Gugu apresentando. Mas ele está tornando este Power Couple bem mais empolgante. A Record acertou em cheio!

      Excluir