terça-feira, 20 de março de 2018

Fila de autores das nove da Globo pode ganhar novidades


Desde que Silvio de Abreu assumiu a Direção de Teledramaturgia Diária da Rede Globo, o autor e diretor tem concentrado esforços no sentido de lançar novos novelistas para garantir o futuro do gênero. Uma luta, aliás, que é dele desde os tempos de autor, quando escolhia sinopses de novos autores e se oferecia como supervisor. Nomes como Alcides Nogueira, Maria Adelaide Amaral, João Emanuel Carneiro, Elizabeth Jhin e a saudosa Andrea Maltarolli foram algumas das “crias” de Abreu.

Agora no comando das novelas do canal, Silvio de Abreu vem promovendo uma interessante renovação no quadro de novelistas, sobretudo no horário das seis, sete e onze. Nomes como Alessandro Marson, Thereza Falcão, Angela Chaves, Alessandra Poggi, Maria Helena Nascimento, Claudia Souto e Daniel Ortiz são alguns dos nomes mais jovens da dramaturgia do canal a emplacarem sucessos. No entanto, a fila do horário das nove ainda resiste no sentido de trazer novidades. O último lançamento do horário foi a veterana Maria Adelaide Amaral, que assinou A Lei do Amor com Vincent Villari. Duca Rachid e Thelma Guedes foram escaladas, mas tiveram sua sinopse vetada.

Até aqui, o próximo lançamento do horário das nove da Globo deve ser Manuela Dias. Uma aposta e tanto, tendo em vista que Manuela nunca assinou uma novela como titular. Roteirista e colaboradora de autores da Globo há anos, a roteirista é veterana na área, mas como titular assinou apenas a minissérie Ligações Perigosas e a série Justiça, as duas grandes sucessos de público e crítica. Por conta do êxito, estreará como autora principal de folhetim justamente no horário mais nobre da emissora, uma missão espinhosa. Talento ela já mostrou que tem. Sua estreia ainda vai demorar um tempo, já que ela entrará depois da novela de Aguinaldo Silva, que substituirá a trama de João Emanuel Carneiro e que, por sua vez, entra na vaga de Walcyr Carrasco e sua O Outro Lado do Paraíso.

No entanto, o horário das nove vem sofrendo com baixas em suas filas. Veteranos como Manoel Carlos e Gilberto Braga não estão mais interessados em escrever para a faixa, que já perdeu Silvio de Abreu para o serviço executivo. Gloria Perez, escalada para assessorar Abreu na escolha de textos para produção das séries da Globo, também ficará um tempo afastada da criação. Sendo assim, há um esvaziamento, que precisa ser revertido.

Segundo fontes diversas, Maria Helena Nascimento já foi escalada para apresentar uma sinopse de novela das nove, graças ao êxito de Rock Story, que marcou sua estreia como titular na faixa das sete. A julgar pelo seu estilo mostrado na novela de Gui Santiago (Vladimir Brichta), Nascimento tem condições de oferecer um drama adulto, que há de primar pelos bons diálogos e boas soluções. A novelista já colaborou em obras de Gilberto Braga, e parece seguir estilo semelhante. Ou seja, trata-se de uma boa aposta da casa. Há quem diga que Alcides Nogueira e Daniel Ortiz também estão cotados para escreverem para o horário. Outros dois bons nomes. O único problema é que há boatos de que Ortiz poderia propor um remake de Rainha da Sucata ou A Próxima Vítima para a faixa. O que seria um erro, na minha humilde opinião.

Seja como for, trata-se de uma movimentação interessante na dramaturgia da Globo, algo até inédito no setor. E uma medida responsável, já que garante o futuro do gênero, que ainda é o principal produto da emissora. Investir em talentos e em formação é fundamental.

André Santana

4 comentários:

  1. Oi Andre. Sobre o Alcides Nogueira, foi ele mesmo que disse que a Globo (vide Silvio de Abreu) pediu uma historia pras nove ele falou no TV a Bordo https://www.tvabordo.com.br/2018/03/alcides-nogueira-nao-sei-por-onde-vou-nao-sei-para-onde-vou-sei-que-nao-vou-por-ai.html
    Sobre Daniel Ortz ele eh um otimo autor, mas sinceramente e perdao ao Ortz por dizer isso porque eh num tom pejorativo da minha parte, ele pra mim eh o sucessor do Walcyr Carraspco, isto eh, consegue dar excelente audiencia, mas entrega tudo o que o publico quer de forma excessivamente didatica, sem nenhuma ousadia que me incomoda no Walcyr. Mas Ortz eh melhor nos dialogos e acho que nao eh tao sem pe nem cabeca como Walcyr esta sendo em O Outro Lado do Paraiso. Nao sei se eh verdade ele querer fazer um remake, mas mais um ? Eu quero ver uma historia original do proprio Ortz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daniel, gostei da sua definição! Daniel Ortiz é um Walcyr Carrasco com bom gosto, rsrsrs! Bom, eu acho as novelas dele OK, mas nada de mais. Concordo contigo, também queria ver uma novela original dele, já que até agora ele só fez remake e desenvolver argumento alheio. Veremos.

      Excluir
  2. As duas Telma e fica sao boas em.produzir histórias com alguma novidade deveri ser lamvadas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Elas são boas mesmo, mas a sinopse delas foi vetada. De repente, elas são melhores criando para a faixa das seis. Quem sabe mais pra frente elas não chegam ao horário nobre?

      Excluir