terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Para nossa alegria, Regina Volpato é efetivada no "Mulheres"


Na semana passada, a TV Gazeta e a apresentadora Regina Volpato confirmaram que ela seguirá à frente do programa Mulheres. Contratada inicialmente para cobrir férias de Cátia Fonseca, Regina fica com a vaga em definitivo após a apresentadora anterior migrar para a Band, onde apresentará o Melhor da Tarde a partir do dia 1º de março.

Nesta transferência de Cátia para a Band, todos saíram ganhando. Cátia vai movimentar a Band e ajudar o canal a sair da inércia ao qual está mergulhada há anos. Se vai dar certo, só o tempo vai dizer, mas é bom ver a emissora voltar a apostar em sua programação vespertina, inacreditavelmente entregue aos games caça-níquel que infestam os canais menores.

E saiu ganhando a Gazeta, que agora tem no seu cast alguém do quilate de Regina Volpato. É sempre bom ver voltar à telinha uma profissional como Regina, tão competente no que faz, mas há uns bons anos afastada da TV. Regina, cria das bancadas de telejornais, conquistou um público cativo desde que apresentou, com a elegância que lhe é característica, o Casos de Família, do SBT. Ali ficou entre 2004 e 2008. Depois, demorou mais de três anos para ela retornar à TV, pela RedeTV!, onde comandou o Manhã Maior e o Se Liga Brasil até 2012. Mais seis anos se passaram até Regina retornar, agora no Mulheres.

No tradicional vespertino da Gazeta, a apresentadora tem o espaço que merece para mostrar ao público a que veio, além de voltar a fazer companhia aos seus fãs que tanto ansiavam seu retorno. Efetivada, ela terá, agora, a chance de transformar o Mulheres em seu programa, imprimindo suas características ao programa feminino. Sem dúvidas, será bem-sucedida na missão.

É ótimo ver retornar à TV bons profissionais que andavam afastados. Ver Regina novamente em ação é tão satisfatório quanto ver Chris Flores conquistando seu espaço no SBT, depois de dispensada pela Record. E dá a esperança para que outras apresentadoras, também talentosas, mas sem espaço, retornem em grande estilo. Nomes como Silvia Poppovic e Adriane Galisteu, por exemplo, também merecem esta chance.

André Santana

4 comentários:

  1. Ótima apresentadora, a Gazeta não perdeu na troca. Não tenho visto, mas a Regina tem muita capacidade. Questão é a fórmula do programa, que já vem de muito tempo, temos de ver se ela consegue impor sua marca na atração, senão fica igual ao Portioli que até hoje apresenta o programa do Gugu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Creio que, com o tempo, Regina colocará sua marca no programa. Ela é ótima, vai saber fazer!

      Excluir
  2. Concordo com este blogueiro, Regina Volpato e Chris Flores não podem ficar de fora da TV.

    ResponderExcluir