terça-feira, 30 de maio de 2017

SBT "imita" Netflix e fará maratona de "Arqueiro"

No último sábado, 27, o SBT exibiu o último filme da história do Cine Belas Artes, faixa de cinema da emissora das noites de sábado. Depois de 16 anos no ar, o espaço para filmes deixa a grade para ser substituído pela série Arqueiro (Arrow). A emissora não explicou o motivo, mas provavelmente o fim do Cine Belas Artes tem a ver com a escassez de filmes em seu acervo. Como se sabe, o SBT não tem mais nenhum contrato com grandes distribuidoras de longas, e suas faixas de cinema sobrevivem de sobras de contratos anteriores.

O mais curioso é a maneira como a emissora vem anunciando a exibição da série Arqueiro. Segundo o texto lido pelo narrador oficial do SBT, o canal será o primeiro a “ter coragem de imitar a Netflix” e fará uma exibição da série em formato de maratona. Serão quatro episódios de Arqueiro exibidos em sequência todos os sábados. Assim, o SBT exibirá uma temporada completa da série até o início do mês de julho.

A novidade chama a atenção por vários motivos. Primeiro, porque pode significar o início do fim da exibição de filmes pelo SBT. Sem o Cine Belas Artes, a emissora passa a exibir longas apenas no Cine Espetacular e Tela de Sucessos, nas noites de terça e sexta, respectivamente. Pouco, se considerarmos que o canal chegou a exibir filmes todas as tardes, no Cinema em Casa, aos finais de semana, com a Sessão Premiada e o Festival de Filmes, e manter sessões na madrugada, como no extinto Fim de Noite. Também já exibiu blockbusters às quintas-feiras, em Quinta no Cinema, e nas noites de domingo, com a Sessão das Dez e Oito e Meia no Cinema.

Tantos espaços para filmes tinham explicação. A emissora, por anos, alardeava contratos de exclusividade com as maiores distribuidoras de filmes, como Warner, Disney, MGM, Paramount, e tantas outras mais. A cada início de ano, o SBT fazia chamadas enormes, com títulos arrasa-quarteirão que eram exibidos ao longo de todo o ano. Vale lembrar que os filmes exibidos no Cine Espetacular e Tela de Sucessos faziam tanto sucesso no início dos anos 2000, que levaram a Globo a cancelar diversos programas de sua linha de shows, como Muvuca, Você Decide e Garotas do Programa. Agora, sem novos filmes, Tela de Sucessos e Cine Espetacular vivem de reprises. E vai-se saber quantos filmes mais o canal ainda terá direito de reprisar.

A mudança também chama a atenção porque o SBT volta a destacar um seriado em sua grade de programação. Vale lembrar que os contratos que garantiam grandes filmes à emissora também garantiam uma infinidade de séries, principalmente da Warner, que também ocupavam bastante espaço na programação do SBT. Com o fim de tais contratos, as séries também perderam vez na grade do canal. Arqueiro é uma das poucas séries que sobraram do acordo da emissora com a Warner. Por isso, fica também a dúvida se a tal “faixa Netflix” terá vida longa, afinal, que série poderá substituir Arqueiro? Vamos ver o que acontece.

O TELE-VISÃO virou livro! Compre agora! CLIQUE AQUI: http://bit.ly/2aaDH4h


André Santana

4 comentários:

  1. Séries americanas tem público fiel isso percebemos na tv fechada e na Netflix no entanto emissoras como SBT e Record muitas vezes desrespeitou este público como por ex ao invés de exibir o último capítulo da temporada reprisavam desde o 1 gerando uma revolta nos fans ..Porém hoje em dia mudou não dependemos mais dessa redes para ver série

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem toda razão! Aliás, eu, durante muitos anos, era dependente da TV aberta para acompanhar séries e vivia passando raiva! Ainda vem que hoje temos o streaming!

      Excluir
  2. Eu acho esquisito, Arqueiro ser exibido no SBT, sendo Lendas do Amanha, Supergirl e Flash serem exibidas na Globo, series que eventualmente os perzonagens do Arqueiro se cruzam com os personagens das outras tres series

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem estranho mesmo. Mas eu acho que o SBT não vai poder exibir todas as temporadas de Arqueiro. Acredito que ela migra para a Globo em breve.

      Excluir