quinta-feira, 13 de abril de 2017

"Lady Night" já sai na frente como o melhor night show brasileiro

Num momento em que Danilo Gentili e Fabio Porchat digladiam no fim de noite com seus talk shows, Marcelo Adnet promete voltar num programa com muita parafernália e pouca inspiração, e o veterano Jô Soares tira o time de campo, parecia que não havia mais espaço para um night show na TV brasileira. Mas Tatá Werneck, com seu Lady Night no Multishow, provou que há, sim! Ainda bem!

Primeira mulher num programa deste estilo por aqui, Tatá domina Lady Night como poucas, e prova ao espectador que o diferencial destes programas são mesmo seus apresentadores. Lá estão a banda, a caneca e o fundo com motivos urbanos, mas Lady Night é diferente dos outros shows do gênero por conta de sua apresentadora.

Dona de um raciocínio rápido, sarcasmo em demasia, cara de pau assustadora e uma verdadeira “metralhadora verborrágica”, Tatá leva seu Lady Night com destreza. Em meio aos quadros mais absurdos e abusando de seu bom humor, Tatá “desmonta” seus convidados e o faz rir de si mesmos. E, acredite, ainda arranca boas declarações deles. Ou onde mais você já viu Bruna Marquezine tão franca quanto na atração da comediante?

Entregar um talk show à Tatá Werneck foi realmente uma excelente ideia do Multishow. Trouxe sangue novo e fôlego a um gênero que parecia próximo da saturação. Não está. Pelo contrário, agora parece estar na “crista da onda”. Tanto que um programa como Lady Night poderia, perfeitamente, estar na TV aberta. Bem mais simples e mais divertido (mas muito mais!) que o Adnight, por exemplo.

Não que este êxito fosse uma surpresa. Tatá Werneck sempre roubou a cena em sua trajetória na MTV Brasil, em programas como Quinta Categoria, Trolalá e Comédia MTV. Lady Night é o resgate da Tatá anárquica que tanto fez sucesso na extinta emissora musical.  No Multishow, Tatá também arranca risos com sua esperteza peculiar no Tudo Pela Audiência, mas é no Lady Night que realmente está em casa. Sorte a nossa!

O TELE-VISÃO virou livro! Compre agora! CLIQUE AQUI: http://bit.ly/2aaDH4h


André Santana

3 comentários:

  1. Olá meu amigo !
    Concordo com você ,que programa gostoso ,reparei que não tem comercial
    Acho que a Dani calebreza poderia ter algum programa no multishow com plateia
    Tatá tá leve ,descontraída ,gostei demais ,não curto muito ela como atriz mais como apresentadora ela manda muito bem
    Gostei do horário alternativo as 00 oi
    Por isso que eu digo vamos usar o controle remoto que veremos grandes surpresas boas

    ResponderExcluir
  2. Realmente, ela eh muito melhor que Porchat e Gentilli. A unica coisa que me incomodou foi o fato do convidado estar preparado, estar roteirizado. Digo, todos os quadros que apareciam, me deram a impressao que os convidados ja estavam a par ate pra poder interagir junto com a Tata. E tambem que, pelo menos nesse inicio os convidados sao os amigos dela, portanto eles foram ao programa ja com a seguranca que ela pegaria leve e nao seriam constrangidos. Fora isso, no que diz respeito a propria Tata, o formato do programa eh absolutamente igual aos do Fabio e Danilo, mas ela tem carisma suficiente pra ser melhor que eles. Embora eu ja esteja saturado da formulha talk show, isto eh, entrevistar convidados com esquetes de humor, piadas, gracas e tal. Parece que talk show nao tem espaco pra convidados serios ou discutir assuntos serios sem a necessidade de piadinhas ou esquetes de humor. Nao sou contra a forumula entrevista com humor mas sinto falta de algo do tipo Gabi, que ela tinha na CNT, um talk show com plateia e tudo mas era menos show e mais talk. Lembra disso Andre, na antiga CNT, quando ela exibida no lugar da Gazeta, a Gabi tinha um programa de entrevistas com plateia e tudo.

    ResponderExcluir
  3. Sinto falta do ho soares. Porem vejanos como se sai o pedeo bial...o ho ti ha humor e seriedade na dosw certa

    ResponderExcluir